Agricultura Familiar Agricultura Familiar

A importância da Agricultura Familiar

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) apoia o segmento econômico da agricultura familiar, sendo o Banco do Nordeste seu principal agente financeiro no Nordeste, com uma carteira ativa de R$ 8,3 bilhões, correspondente a 1,7 milhão de operações em dezembro de 2016.

O atendimento do BNB ao segmento da Agricultura Familiar tem como base o compromisso para uso adequado dos recursos naturais, disseminação de tecnologias apropriadas e incentivo a sistema de produção de base ecológica, bem como apoio a projetos inclusivos e propulsores da equidade de gênero e da valorização de minorias.

Diretrizes da política do Banco do Nordeste de apoio à Agricultura Familiar

O tratamento prioritário e diferenciado dispensado pelo Banco do Nordeste aos agricultores familiares compreende as seguintes diretrizes:

  • Utilização do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste - FNE como principal fonte financiadora;
  • Adoção da metodologia de microcrédito produtivo orientado para o Pronaf, por meio do Programa Agroamigo;
  • Incentivo a atividades não agrícolas no meio rural;
  • Estímulo a atividades com maior valor agregado;
  • Apoio à estruturação de cadeias produtivas;
  • Fortalecimento das parcerias para viabilizar assistência técnica e capacitação;
  • Incentivo à utilização de tecnologia de convivência com a seca
  • Apoio à equidade de gênero com incentivo à participação das mulheres em empreendimentos rurais;
  • Incentivo à produção agroecológica, com eventos de capacitação e distribuição de material informativo, contribuindo para a disseminação de uma postura de negócios inclusivos.