Centro Cultural Fortaleza - Conversas Filosóficas Centro Cultural Fortaleza - Conversas Filosóficas

CONVERSAS FILOSÓFICAS

JUNHO/2017

 

Dia 17, sábado, às 14h

 

A Educação como edificação da singularidade em Kierkegaard: Subjetividade e Alteridade

 

Expositor: Geovani Paulino Oliveira. Mestre em Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), graduado em Filosofia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), onde é professor substituto do Curso de Filosofia. Também é professor das faculdades INTA (Instituto de Teologia Aplicada) nos cursos de Teologia, Enfermagem e Nutrição.

 

Traremos uma crítica kierkegaardiana aos pressupostos educacionais que não possibilitam o sujeito singular, edificando uma condição autêntica que seja suporte para a fundamentação de suas ações éticas no âmbito coletivo. Essa reflexão possibilita a construção de uma subjetividade autônoma e edifica a liberdade do indivíduo perante a sua condição finita que lhe exige decisões conscientes. Para garantir o exercício de sua plena liberdade, fundamentada numa vivência autêntica da existência, Kierkegaard contrapõe a Igreja dinamarquesa e sua relação com o Estado, que em seu entender, instituía ilusões e fantasias para a realidade existencial. Sua reflexão se afirma como uma crítica social e existencial perante os modelos de organização política de sua época, regida pela relação Igreja e Estado que buscava caracterizar padrões de verdades éticas e morais.

Nosso convidado utilizará esta crítica como parâmetro para pensar as diversas pedagogias e formulações educacionais que evidenciam um processo formativo voltado para o acúmulo de conhecimento, distanciando o sujeito de situações e contextos concretos de sua existência, impondo uma educação tecnicista padronizadora do comportamento humano que enrijece a visão mítica de mundo e a instrumentalização da condição humana.

Traga seus amigos e venha refletir conosco em nossas Conversas Filosóficas. 240 min.

Produção cultural: Marcus Markans