MPE - Crédito para Inovação MPE - Crédito para Inovação

Objetivos 

Promover a inovação em produtos, serviços, processos, marketing  e/ou métodos organizacionais nos empreendimentos de todos os setores da economia regional.

O Que o Programa Financia
Implantação, expansão, modernização, reforma e relocalização que viabilizem inovações em produtos, serviços, processos, métodos organizacionais e métodos de marketing nos empreendimentos, observando os objetivos deste programa e contemplando:

I) Investimentos em:

  1. Transferência e absorção de tecnologias;
  2. Desenvolvimento de software;
  3. Prestação de serviços de tecnologia da informação e comunicação (TIC);
  4. Pesquisa, desenvolvimento e inovação (P, D & I);
  5. Avaliação e certificação;
  6. Treinamento, consultoria e outros serviços especializados;
  7. Propriedade intelectual;
  8. Marketing;
  9. Gestão;
  10. Infraestrutura e apoio.

II) Capital de giro e custeio associados ao investimento.


Público-Alvo
a) Empresas brasileiras (empresários registrados na junta comercial, exceto os registrados como microempreendedor individual, e pessoas jurídicas de direito privado que realizem atividades produtivas) e produtores rurais;

b) Cooperativas de produtores rurais, em créditos na modalidade "à própria" ou em créditos diretamente aos cooperados;

c) Associações de produtores ou empresas e cooperativas não enquadradas no subitem “b” anterior, em créditos diretamente aos associados, desde que esses se enquadrem no subitem “a” anterior.

Fonte de Recursos
Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste - FNE.

Prazos
Fixados em função do cronograma físico-financeiro do projeto e da capacidade de pagamento da empresa, podendo ir até 15 anos, incluídos até 5 anos de carência.

Juros* e Bônus de Adimplência
Sobre os juros, bônus de  adimplência de 15% concedido exclusivamente se o mutuário pagar as prestações (juros e principal) até as datas dos respectivos vencimentos.

Finalidade

Porte

Encargos Financeiros (anuais)

Integrais (%)

Com Bônus(%)

I – Setor rural: Investimento

Grandes produtores rurais e suas cooperativas em operações "à própria”

10,00

8,5000

Médios produtores rurais e suas cooperativas em operações "à própria"

8,53

7,2505

Demais produtores e suas cooperativas em operações "à própria”

7,65

6,5025

II – Demais setores: investimentos, inclusive com capital de giro associado

Grande empresa

9,05

7,6925

Micro, pequena, pequena-média e média empresa

7,65

6,5025

*Válidos de 01/07/2016 a 30/06/2017 para operações do setor rural; e de 01/04/2017 a 31/12/2017 para os demais setores. Condições atuais do FNE sujeitas a alterações.

Tarifas
Conforme a regulamentação vigente.

Garantias
As garantias serão, cumulativa ou alternativamente:
a) hipoteca;
b) alienação fiduciária;
c) penhor;
d) fiança ou aval.

Limites de Financiamento 


Porte do Beneficiário

Faixa de Receita Anual (R$)*

Máximo de Financiamento pelo FNE (%)**

Mínimo de Recursos Próprios (%)

Miniprodutor e
Microempresa

Até 360.000,00

100

-

Pequeno produtor e pequena empresa

Acima de 360.000,00 até 3.600.000,00

100

-

Pequeno-médio produtor e pequena-média empresa

Acima de 3.600.000,00 até 16.000.000,00

100

-

Médio produtor e média empresa

Acima de 16.000.000,00 até 90.000.000,00

95

5

Grande produtor e grande empresa

Acima de 90.000.000,00

90

10

*Receita operacional bruta anual.
**Operações de financiamento a projetos de ciência, tecnologia e inovação (CTI).

NOTA: capital de giro associado ao investimento, exceto para empreendimentos rurais: no caso de beneficiários de médio e grande portes, limitado a 50% do investimento fixo; no caso de beneficiários de pequeno-médio porte, limitado a 70% do investimento fixo; no caso de beneficiários de micro e pequeno portes, exceto para MEIs, até 100% do investimento fixo.

Acesso ao Financiamento
Tendo cadastro e limite de crédito aprovados no Banco do Nordeste, basta apresentar o Projeto de Financiamento ou a Proposta de Crédito.

Para obtenção de informações mais detalhadas deste Programa de financiamento, acesse a Programação FNE 2017.