Informações Informações

Voltar

Centro Cultural Banco do Nordeste Sousa movimenta fim das férias com quatro atrações musicais

João Pessoa, 24 de julho de 2019 – A cidade de Sousa (PB) receberá quatro atrações musicais gratuitas nos dias 25 e 27 (quinta-feira e sábado), no fim do mês de férias. As apresentações serão realizadas pelo Centro Cultural Banco do Nordeste Sousa no Calçadão Mundinho Teodoro. O show do cantor e compositor catarinense Wado ocorre na noite do dia 25, às 19h30. No sábado, 27, apresentam-se as bandas Descendentes das Tribos (19h), Luísa e os Alquimistas (20h05), e  Glue Trip (22h10).

Wado

Wado é catarinense radicado em Alagoas. Ao longo dos 17 anos de carreira, o músico construiu sonoridade autêntica no pop contemporâneo brasileiro, trazendo no seu som o existencialismo e problemas sociais, além de enaltecer o valor das relações humanas, sejam elas amorosas ou familiares. Com influências do samba, do rock e de artistas da MPB, Wado cria proposta otimista por meio da sublimação e superação pela virtude da arte.

Descendentes das Tribos

A banda cajazeirense Descendentes das Tribos movimenta a cena cultural reggae no Sertão paraibano. A banda surge com a junção de seis músicos que curtiam o estilo dançante e marcante do reggae. O grupo traz na sua musicalidade também os sons do brega e do rock e cria repertório que transmite resistência, amor e motivação.

Luísa e os Alquimistas

A banda Luísa e os Alquimistas faz parte do intenso cenário musical de Natal (RN) e desde 2015 vem circulando por várias cidades e festivais do Brasil. A partir de 2018, Luísa Nascim mudou-se para São Paulo e vem desenvolvendo o trabalho da banda entre as Regiões Nordeste e Sudeste. O show em Sousa encerra a turnê do segundo disco “Vekanandra”, trabalho que trafega pelos universos do pop underground, da música eletrônica nordestina, passando pelo soul e por influências jamaicanas.

Glue Trip

Três anos após de sua estreia com o EP “Just Trippin”, o grupo pessoense, encabeçado pelo músico Lucas Moura, lançou em 2016 o seu primeiro álbum homônimo completo no Brasil, Japão e Europa. Neste primeiro disco inteiro autoral, vão as inéditas “New Place To Start”, “Old Blood”, “Tropicaos” e “Solomon”. As dinâmicas e os contrastes sonoros permeiam todo o repertório do grupo que passeia pelo dream pop, a bossa nova e o rock em faixas introspectivas e experimentais.