Estudos e Pesquisas Estudos e Pesquisas

Além de elaborar, promover e difundir conhecimentos técnicos, científicos e estratégias, o Banco do Nordeste, através do seu Escritório Técnico de Estudos do Nordeste planeja, formula, coordena e avalia políticas e programas. O objetivo é subsidiar a ação do Banco e da sociedade na busca do desenvolvimento sustentável do Nordeste, Norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Informações Informações

Voltar

RN tem saldo de US$ 104 milhões na balança comercial

Estudo do Etene do BNB mostra que exportações nordestinas cresceram 32% até novembro 

Natal, 19 de dezembro de 2017 - O Rio Grande do Norte registrou saldo positivo na balança comercial de US$ 104 milhões de janeiro a novembro de 2017. Os números foram puxados, principalmente, pela produção irrigada de frutas. Nas exportações, destacam-se os melões (34,1%), melancias (7,5%) e castanha de caju (7,1%), enquanto o trigo e misturas de trigo representaram 27% dos produtos importados pelo estado.

O Nordeste totalizou US$ 15,3 bilhões em exportações de janeiro a novembro de 2017, aumento de 32% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado representa 7,7% no valor total das exportações brasileiras. Já as importações, registraram acréscimo de 9% e somaram US$ 17,7 bilhões.

Dentre as exportações, todas as categorias de produtos registraram expressivo crescimento. A venda dos produtos básicos, aqueles com menor valor agregado e mais próximos do estado natural, aumentou em 51%. A soja se mantém como principal produto exportado pela região, respondendo por 14% da pauta de exportação. 

Além do Rio Grande do Norte, Bahia, Maranhão, Piauí e Alagoas registraram superávit na balança comercial. Os demais estados apresentaram déficit comercial impactados, principalmente, pelo peso das importações de combustíveis e lubrificantes.

As informações são do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de pesquisas do Banco do Nordeste, com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O Diário Econômico com informações detalhadas está disponível no link: Diário Econômico 337/2017 - Etene