Notícias sobre Inovação

Fique por dentro das principais notícias sobre a atuação inovadora do Banco do Nordeste.

23/04/2019 | Investimentos do Banco do Nordeste em cafeicultura crescem 73%

Fortaleza, 23 de abril de 2019 – Consolidado na posição de maior produtor mundial de café, o Brasil obteve safra recorde em 2018, com produção 37% maior que a do ano anterior, segundo informações da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O Banco do Nordeste, alinhado com as perspectivas do mercado cafeeiro, incrementou em 73% os investimentos no setor ano passado. Foram aplicados R$ 301,8 milhões por meio de 2,7 mil operações.

Os bons resultados colhidos em 2018 são creditados principalmente a inovações tecnológicas nos cultivos. Na área de atuação do Banco do Nordeste, que inclui os nove Estados nordestinos e o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, as inovações passam pela instalação de sistemas de irrigação, implantação de variedades de grãos mais resistentes a pragas e mais tolerantes a estresse hídrico. Esses investimentos tornam-se ainda mais relevantes diante das evidências de que a elevação das temperaturas, decorrentes das mudanças climáticas, podem afetar a produção de café. Entre as consequências está a redução das áreas aptas ao cultivo do grão, como aponta o Panorama Setorial do Café, editado pelo Escritório Técnico de Estudos do Nordeste (Etene), disponível em http://bit.ly/2IJkT0u.

O Banco do Nordeste tem apoiado iniciativas de aprimoramento tecnológico para que a cafeicultura continue crescendo no Semiárido. Dessa maneira, o Banco realizou, em 2018, mais de 1,7 mil operações de crédito e aplicou cerca de R$ 59 milhões nesse perímetro. Bahia e Minas Gerais são Estados com maiores áreas de cultivo de café no Semiárido. Nessas condições, também são identificadas pequenas áreas de dedicadas à cafeicultura no Ceará e em Pernambuco.

Produtores de pequeno porte receberam 98,3% do crédito ofertado à cafeicultura pelo BNB em 2018.  “O Banco do Nordeste tem sido apoiador de pequenos produtores de café, cumprindo seu papel social e econômico de banco de desenvolvimento. O financiamento da inovação constitui-se em ação importante para melhorar a rentabilidade das lavouras e para a superação de desafios do setor”, afirma Maria Simone de Castro Pereira Brainer, engenheira agrônoma da instituição.

04/04/2019 | Financiamentos à inovação crescem 33,4% no Banco do Nordeste

Fortaleza, 4 de abril de 2019 - O Banco do Nordeste investiu R$ 750,53 milhões em projetos de investimento em inovação ao longo de 2018. As aplicações utilizam recursos do Fundo Constitucional de Financiamento (FNE Inovação) e representam crescimento de 33,4% em relação ao aplicado em 2017. O FNE Inovação tem como objetivo promover a inovação em produtos, serviços, processos e métodos organizacionais de empreendimentos atendidos na área de atuação do Banco do Nordeste (região Nordeste e norte de Minas Gerais e Espírito Santo).

No setor rural, a linha de crédito financia projetos para inovação tecnológica nas propriedades rurais, contemplando operações de investimento e custeio produtivo. Já nos setores não rurais, são beneficiados projetos direcionados à implantação, expansão, modernização, reforma e relocalização de empreendimentos. Também são contemplados a elaboração de estudos ambientais, bem como os investimentos estabelecidos nas condicionantes das licenças ambientais, associados ao projeto de inovação.

São diferenciais de nosso financiamento o prazo de reembolso que pode se estender até 15 anos, incluídos até cinco anos de carência, mais a possibilidade de financiamento de até 100% do empreendimento, a taxa de juros menor e o bônus de adimplência”, destaca o presidente do BNB, Romildo Rolim.

 

Fundeci

O Banco do Nordeste apoia também projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, com recursos não reembolsáveis, por meio do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci). O Fundeci diminui o risco inerente à inovação, permitindo a subvenção econômica como mais uma modalidade de apoio financeiro para o aumento da produtividade e promoção da competitividade das empresas da Região.

Em 2018, o BNB lançou o edital Fundeci 02/2018 – Subvenção Econômica para Inovação em Empresas da Região Nordeste, voltado especificamente para o desenvolvimento de soluções tecnológicas e de inovação, com foco em micro e pequenas empresas regionais. No total, 127 projetos participaram do processo, dos quais 27 foram selecionados.

 

Hubine

O Banco do Nordeste também dispõe do Hub Inovação Nordeste (Hubine), criado para atuar como catalisador da melhoria de processos, produtos e serviços do Banco, por meio de políticas e diretrizes para a gestão da inovação e do fomento à cultura da inovação interna, proporcionando oportunidades ao empreendedorismo inovador regional.

Com unidades em Fortaleza e Salvador, o Hubine facilita a conexão entre academia, governo e sociedade no âmbito da inovação. O coworking abriga 16 startups residentes, o que contribui para estreitar ainda mais os vínculos de cooperação entre Banco do Nordeste e empresas inovadoras do mercado de sua área de atuação.

Desde a sua criação, em 2016, o Hubine já promoveu troca de experiências com mais de 180 startups, mais de 90 eventos de capacitação em tecnologias inovadoras, alcançando um público de mais de 2,7 mil pessoas.

07/11/2018 | BNB destina R$ 3,9 milhões para 14 projetos de desenvolvimento territorial em sua área de atuação

Projetos foram selecionados em edital e contarão com recursos do Fundeci

Fortaleza, 7 de novembro de 2018 – O Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci), do Banco do Nordeste, divulgou o resultado da etapa Seleção de Propostas do Edital 01/2018 – Desenvolvimento Territorial - Soluções Inovadoras para Implementação do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste. Cerca de R$ 3,9 milhões serão aplicados em 14 projetos selecionados para investimentos na área de atuação do BNB (Nordeste e norte do Espírito Santo e de Minas Gerais).

A seleção consistiu na análise dos projetos com base em aspectos técnicos, orçamentários e documentais. A gerente do Ambiente de Programas Especiais e de Fundos de Pesquisa, Leanne Araújo, destaca o acompanhamento feito junto às propostas. "O Banco participa mediante a concessão de apoio financeiro e, durante toda a execução, se reserva ao direito de acompanhar o seu desenvolvimento, com visitas técnicas, avaliações e verificações da aplicação do investimento".

O edital terá prazo de vigência de um ano, a contar do dia 25/10/2018, prazo no qual os convênios deverão ser formalizados. O resultado está disponível no portal bnb.gov.br/aviso-etene-fundeci.

No Espírito Santo, foi selecionado o projeto " Agroecologia: Multiplicando saberes, produzindo vidas", apresentado pela Fundação de Desenvolvimento Agropecuário do Espirito Santo.

Desenvolvimento Territorial

O objetivo do Edital 01/2018 é proporcionar aos projetos selecionados apoio financeiro não reembolsável, com recursos do Fundeci, para o desenvolvimento e a difusão de soluções inovadoras e sustentáveis que respondam aos principais desafios enfrentados no âmbito do Programa de Desenvolvimento Territorial (Prodeter) do Banco do Nordeste.


Fale com o Hub de Inovação

inovacao@bnb.gov.br


 Hub de Inovação  Fortaleza

Av. Silas Munguba, 5700 - Passaré, Fortaleza/CE

 Hub de Inovação  Salvador

Av. da França, 393 - Comercio, Salvador/BA

 Hub de Inovação  Recife

Rua  do Apolo, 235 - Recife, PE