Pular para o conteúdo

Integridade e Ética Integridade e Ética

Para difundir os princípios de integridade, ética e transparência entre empregados, clientes, fornecedores, parceiros e demais públicos de relacionamento, o Banco do Nordeste instituiu sua Política de Integridade e Ética.

Toda a prática cotidiana do Banco do Nordeste está regulada por normativos baseados em princípios e valores éticos. Tais princípios são continuamente difundidos entre colaboradores e clientes, de modo a inspirá-los e orientá-los para a valorização e prática da ética em todas as suas ações.

Política de Integridade e Ética

A Política de Integridade e Ética do Banco do Nordeste consiste em um conjunto de mecanismos e procedimentos internos de integridade, auditoria, incentivo à denúncia de irregularidades e aplicação efetiva do Código de Conduta Ética e Integridade da instituição.

Implementada em conformidade com a Lei 12.846/2013, a Política de Integridade e Ética objetiva detectar e sanar eventuais desvios, fraudes, irregularidades e atos ilícitos praticados contra a administração pública.

Suas diretrizes são compostas pelos temas: prevenção e combate à corrupção; identificação e tratamento do conflito de interesses; contratação e aquisição de bens/serviços; transparência e acesso à informação; controles internos, gestão de riscos e segurança corporativa; prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo; governança corporativa; demonstrações financeiras; auditoria interna; responsabilidade socioambiental; conduta ética; gerenciamento disciplinar; treinamento e capacitação.

Código de Conduta Ética e Integridade

O Código de Conduta Ética e Integridade do Banco do Nordeste estabelece os princípios e valores que norteiam a conduta de seus profissionais nos relacionamentos internos e com os diversos segmentos da sociedade.

Os princípios que fundamentam a conduta ética no Banco do Nordeste são: justiça, honestidade, democracia, cooperação, disciplina, governança, sustentabilidade, compromisso, confiança, civilidade, transparência, igualdade e respeito. 

O Banco conta com uma Comissão de Ética para difusão dos princípios éticos e do Código de Conduta, proporcionando um elevado padrão de comportamento que contribua efetivamente para a lisura e transparência das ações praticadas na condução dos negócios.

Denúncias

Caso encontre alguma irregularidade, sua denúncia pode ser feita de forma anônima clicando aqui ou por meio da nossa Ouvidoria:

  • Telefone, 0800-033-3033;
  • Telefone para atendimento às pessoas com alguma deficiência auditiva, 0800-033-3031;
  • Fax, pelo número (85) 3251-5858;
  • Carta  (Av. Doutor Silas Munguba, 5700 - Polo de Lazer -  Caixa Postal 628 - Passaré - CEP-60.743-902 - Fortaleza-CE);
  • Pessoalmente, no endereço informado acima.

Depoimentos de Integridade e Ética

Romildo Carneiro Rolim, Presidente do Banco do Nordeste

Antônio Rosendo Neto Júnior, Diretor de Negócios

Cláudio Luiz Freire Lima, Diretor de Administração

Cornélio Farias Pimentel, Diretor de Controle e Risco

Perpétuo Socorro Cajazeiras, Diretor de Planejamento

Releases Releases

Voltar

Banco do Nordeste promove I Fórum de Integridade e Ética

Fortaleza, 14 de agosto de 2017 – O Banco do Nordeste promove, dia 28, a partir das 9 h, o I Fórum de Integridade e Ética, evento que reúne integrantes de órgãos de controle externo e de instituições governamentais convidadas e representantes da Diretoria do BNB, gestores e técnicos. Entre as autoridades que participam da cerimônia de abertura estão o presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, e o ministro da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosario. 

Augusto Nardes abre a programação com o painel intitulado "Governança e Integridade (com foco nas leis 12.846 e 13.303)", em referência às leis Anticorrupção e das Estatais, respectivamente. A Lei das Estatais também é tema, na sequência, para a apresentação do ministro do CGU, Wagner Rosario, com o título "Responsabilidade Civil de Administradores e Gestores à luz da Lei Anticorrupção e Lei 13.303 - Lei das Estatais". 

O objetivo do evento é discutir e propor ações de melhores práticas para aplicação do Programa de Integridade do Banco do Nordeste em atendimento à legislação específica sobre o assunto. Marcos Holanda, que preside a instituição há dois anos, ressalta ainda que “o Banco sente-se desafiado a continuar avançando na lógica da boa governança como alvo fundamental para o desenvolvimento do País”. 

Em dezembro último, o BNB foi reconhecido pelo TCU com o Prêmio Mérito Brasil de Governança e Gestão Públicas por apresentar processos de gestão de risco e controles com bom grau de maturidade.

I Fórum de Integridade e Ética

Onde? Auditório Celso Furtado, na sede do Banco do Nordeste (Av. Dr. Silas Munguba, 5.700 - Passaré)

Quando? 28/08, às 9h30

Veja a programação na íntegra


Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x