Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 

Voltar

Banco do Nordeste apoia 17 projetos sociais no Ceará com incentivos fiscais

Fortaleza (CE), 6 de janeiro de 2020 – O Banco do Nordeste selecionou 17 projetos de instituições sediadas no Ceará que desenvolvem iniciativas sociais em oito municípios do Estado. O resultado atende ao Aviso Público a projetos sociais de 2019, para o qual foram inscritos, no total, 116 projetos. Os recursos são oriundos de incentivos fiscais relativos ao  exercício deste ano.

Os projetos selecionados enquadram-se no âmbito dos Fundos da Infância e Adolescência (FIA), Fundos dos Direitos do Idoso e da Lei de Incentivo ao Esporte, sendo contemplados aqueles que obtiveram melhor classificação dentre os critérios do edital publicado pelo Banco.

No âmbito do FIA, os cinco projetos selecionados são: “Cirandando – dando mãos na caminhada encontrando sentido para a jornada”, da Associação Comunitária Sônia Maria, de Meruoca; “Edisca – uma educação interdimensional: eixo fortalecimento do ensino formal”, da Escola de Desenvolvimento e Integração Social para Criança e Adolescente (Edisca), de Fortaleza; “Nossa dança, arte da mudança - dança com esperança”, do Instituto Katiana Pena, também de Fortaleza; “Diversidade e Inclusão: rompendo barreiras para acessibilidade, da Prefeitura de Jucás; e  “É mais negócio”, do Instituto Social para o Desenvolvimento de Potencialidades - IDEP Social, de Maracanaú.

Com recursos destinados aos Fundos dos Direitos do Idoso, foram selecionados dez projetos: “Páginas Felizes”, do Lar Torres de Melo, “Voz da Experiência II”, do Instituto Maria da Hora” e Curso de Cuidadores de Idosos VIII, da Associação Cearense Pró-Idosos, todos de Fortaleza; “Sim nós existimos”, do CRAS Raimunda Amélia da Silva, e “Viva a vida na terceira idade”, da Associação dos Moradores do Tabuleiro, ambos de Jaguaruana; “Chá Tecnológico Social – Itinerante”, do Instituto para Desenvolvimento Tecnológico Social (Idear) e “Seis Ponto Zero”, da Associação Comunitária Beneficente de Jaçanaú e Adjacências (Acobeja), os dois de Maracanaú; “História Viva”, da Secretaria de Assistência Social de Morrinhos; “Fios de prata em movimento”, do Movimento de Promoção Social, de Quixeramobim; e “Arte, Movimento e Inclusão”, da Prefeitura de Quixeramobim.

Por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, duas instituições cearenses foram selecionadas: a Federação Cearense de Tênis, com o projeto “Educa Tênis Ano II”, desenvolvido nos municípios de Maracanaú e Caucaia; e a Sociedade Pro-Amiga Cariri, do Crato, responsável pelo projeto “Mais Social III”. 

Confira a lista completa de projetos apoiados em https://www.bnb.gov.br/documents/320335/5518732/ProjetosSociais2019Selecionados.pdf/0c5ba915-ec24-a972-4155-0a13da904d48.


Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x