Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 

Voltar

Banco do Nordeste apresenta lucro 42,6% maior no semestre

Fortaleza, 12 de agosto de 2016 - O lucro do Banco do Nordeste no primeiro semestre de 2016 foi de R$ 225,6 milhões. O valor é 42,6% maior do que no mesmo período do ano anterior, quando a instituição lucrou R$ 158,1 milhões. A rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio, em 30 de junho, foi de 15,9% ao ano, ante 10,2% ao ano obtida um ano antes. O resultado está no balanço do semestre, publicado nesta sexta-feira, 12.

"Vivemos um momento que requer alinhamento adequado em todas as esferas organizacionais para vencermos as dificuldades inerentes à atual conjuntura. Para emergirmos mais fortes e preparados, precisamos responder positivamente aos desafios de nossa missão de sermos 'o banco de desenvolvimento do Nordeste'", declarou o presidente da instituição, Marcos Holanda.

Com o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), principal fonte de recursos da empresa, foram aplicados R$ 5,35 bilhões no período. O montante supera em 7,3% o resultado do primeiro semestre de 2015.

Nos seis primeiros meses de 2016, foram aplicados R$ 4 bilhões pelo programa de microcrédito urbano do Banco do Nordeste, o Crediamigo, distribuídos em 2,1 milhões de operações. Para agricultores familiares, foram destinados R$ 1,2 bilhão, em 253 mil contratos. O público de micro e pequenos empresários recebeu R$ 1,1 bilhão, para 12 mil empreendimentos.

Em 30 de junho, o Banco apresentou patrimônio líquido de R$ 3,04 bilhões (eram R$ 2,84 bilhões, em 31 de dezembro de 2015) e ativos de R$ 42,7 bilhões (R$ 41,4 bilhões, no fim do ano passado). O patrimônio líquido do FNE atingiu R$ 63,5 bilhões e registrou aumento de 6%.

O Balanço também destaca a recuperação de R$ 1,13 bilhão em créditos inadimplidos e a redução de despesas com provisões de crédito de R$ 282 milhões.

O relatório está disponível na página do Banco na internet no endereço www.bancodonordeste.gov.br/demonstracoes-contabeis-2016.

Semestre

Os seis primeiros meses do ano no Banco do Nordeste foram marcados por ações inovadoras. A instituição lançou os produtos Cartão FNE, que oferta recursos para capital de giro e investimento de forma ágil e segura, e FNE Sol, linha de crédito para financiamento a micro e minigeração distribuída de energia.

A empresa  também criou o Hub Inovação Nordeste (Hubine), espaço para estimular a criação de produtos e serviços e soluções inovadoras para a região. Também foram inauguradas mais 11 agências e a rede de atendimento do Banco do Nordeste chegou a 307 unidades.

Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x