Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 

Voltar

Banco do Nordeste é finalista em premiação internacional sobre gestão para resultados

Fortaleza, 25 de agosto de 2016 - O Banco do Nordeste é um dos três finalistas no II Prêmio Gestão para Resultados do Desenvolvimento 2016, promovido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em parceria com o Governo de Jalisco (México). A primeira edição do prêmio contou com a participação de 75 instituições de 16 países.

O anúncio dos vencedores acontecerá no IX Seminário Internacional da Rede de Gestão para Resultados em Governos Subnacionais da América Latina e Caribe, a ser realizado de 7 a 9 de setembro, em Guadalajara, no México.

O Banco do Nordeste disputa na categoria "Planejamento Estratégico (Nível Nacional)" com a Secretaría de Hacienda Y Crédito Público (México) e a Oficina de Planeamiento y Presupuesto (Uruguai).

A experiência apresentada pelo Banco do Nordeste diz respeito ao modelo de Gestão para Resultados, implantado na empresa em 2016.

"A gestão para resultados só é alcançada quando os funcionários, todos os membros de uma instituição, percebem que têm papel importante a cumprir e que todos são responsáveis pelos resultados. E os resultados só acontecem quando a equipe trabalha de forma integrada”, afirma o presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda.

Prêmio

Instituído pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Prêmio Gestão para Resultados do Desenvolvimento objetiva identificar as melhores práticas de aplicação da metodologia de Gestão para Resultados voltadas para o desenvolvimento nos países da América Latina e do Caribe.

 

Gestão para Resultados

 

O Banco do Nordeste adotou o modelo de Gestão para Resultados visando priorizar os fundamentos da missão de ser o banco de desenvolvimento da região Nordeste como o resultado em todas as suas ações, levando à otimização do desempenho organizacional.

 

A Gestão para Resultados possibilita uma gestão com postura empreendedora, voltada para o cidadão como cliente, buscando alcançar padrões ótimos de eficiência, eficácia e efetividade.

 

Banco do Nordeste

 

O Banco do Nordeste é a maior instituição de desenvolvimento regional da América Latina, contribuindo, há 64 anos, para transformação da realidade regional e a redução das desigualdades.

 

Líder nas aplicações de recursos de longo prazo e de crédito rural e detendo apenas 7,4% da rede bancária instalada na região, aplicou, em 2015, cerca de 60% do crédito de longo prazo e mais de 57% do crédito rural da região.

 

No primeiro semestre de 2016, o Banco do Nordeste registrou lucro líquido de R$ 225,6 milhões, aumento de 42,6% em comparação ao mesmo período de 2015, quando a instituição lucrou R$ 158,1 milhões.

 

Com um quadro de mais de 7,2 mil empregados, o Banco atua em cerca de 2 mil municípios, abrangendo os nove estados do Nordeste (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia), o norte de Minas Gerais (incluindo os Vales do Mucuri e do Jequitinhonha) e o norte do Espírito Santo. 

 

Possui o maior programa de microfinanças da América Latina, compondo-se do Crediamigo destinado à área urbana, com 2 milhões de clientes ativos e R$ 8 bilhões de desembolsados, e o Agroamigo destinado à área rural, com 448.593 contratações e um total de R$ 1,8 bilhão de crédito.

 

A atuação do Banco do Nordeste também visa atrair investimentos, apoiar a realização de estudos e pesquisas com recursos não reembolsáveis e estruturar o desenvolvimento com projetos de grande impacto.

 


Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x