Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 

Voltar

BNB e Federação das Indústrias assinam convênio para energia solar em Sergipe

Assinatura do acordo permite troca da matriz energética de empresas localizadas em todos os municípios do estado

Aracaju, 19 de dezembro de 2016 – O Banco do Nordeste e a Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) firmaram, hoje (19), acordo de cooperação técnica. A assinatura foi feita durante almoço de confraternização da FIES, na sede da instituição em Aracaju. O objetivo do contrato é ampliar o financiamento de sistemas de micro e minigeração distribuída de energia renovável.

O convênio prevê a troca da matriz energética de empresas de micro e pequeno porte, associadas à FIES em todo o estado de Sergipe. A proposta da substituição será feita com base no FNE Sol, linha de crédito voltada para a aquisição e montagem de sistemas de energia solar, eólica, de biomassa ou pequenas centrais hidroelétricas (PCH).

Para o presidente da FIES, Eduardo Prado de Oliveira, o acordo trará bons resultados ao setor industrial. "Esperamos que os empresários consigam seus objetivos, porque a taxa de juros é bem favorável. A energia solar envolve um certo custo inicial de investimento, mas como os equipamentos têm grande durabilidade, torna-se salutar", afirmou o presidente.

O governador Jackson Barreto participou da solenidade e também assinou o acordo de cooperação. Ele destacou a importância do evento neste período do ano. "É uma oportunidade para trocar ideias, confraternizar, compartilhar dificuldades e juntos buscarmos soluções para a economia do nosso estado", pontuou o governador.

"É um momento de avaliação de como foi o ano de 2016, além de uma oportunidade para traçarmos o próximo ano, sempre pensando positivamente. E este convênio com a Federação das Indústrias é mais uma alavanca para incrementarmos as aplicações do FNE Sol em Sergipe", disse o superintendente estadual do Banco do Nordeste, Saumíneo Nascimento.

O programa

O FNE Sol contribui para a sustentabilidade ambiental da matriz energética da Região Nordeste, com a oferta de financiamento de sistemas de energia renovável, para consumo próprio dos empreendimentos. A fonte dos recursos é o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Empresas de qualquer porte, em todos os setores da economia, podem ser financiadas pelo programa, o que inclui os segmentos da indústria, agroindústria, comércio, prestação de serviços, produtores rurais, empresas rurais, cooperativas e associações legalmente constituídas.

Presenças

Também participaram do evento o vice-governador Belivaldo Chagas; o presidente da Assembleia Legislativa Luciano Bispo; os secretários do Desenvolvimento, da Ciência e Tecnologia Francisco de Assis Dantas; do Planejamento, Orçamento e Gestão, João Augusto Gama; da Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Valmor Barbosa; o presidente da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe (Segrase), José Macedo Sobral; e gestores do Banco do Nordeste, entre outras autoridades e representantes do setor empresarial.


Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x