Ambiente de Comunicação

Gerente: Evangelina Leonilda Aragão Matos
(evangelina@bnb.gov.br)

Assessoria de Imprensa

Institucional: imprensa@bnb.gov.br

Endereço: Av. Dr. Silas Munguba, 5.700. Passaré
Fortaleza (CE)
Telefone: 85 3299-3301 / 85 3299-3149

Gerente Executivo: Francisco Maxshwell dos Santos de Oliveira
(max.oliveira@bnb.gov.br)


Voltar

BNB e parceiros programam alocação de recursos do FNE para o Piauí em 2020

Banco do Nordeste reúne-se, nesta terça-feira, com entidades parceiras e representantes dos setores produtivos do Estado para planejar a destinação de R$ 1,5 bilhão

 

Teresina, 16 de setembro de 2019 – Nesta terça-feira, 17, a partir das 8h30, o Banco do Nordeste promove amplo diálogo com entidades parceiras e representantes dos setores produtivos do Estado para programar a alocação de recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para 2020. A reunião, que também contará com participação do diretor de Negócios do BNB, Antônio Rosendo Neto Júnior, assim como do gerente do Ambiente de Políticas de Desenvolvimento da instituição, Irenaldo Rubens Nunes Soares, será realizada no auditório do Luxor Piauí Hotel e resultará no plano de destinação do crédito, que parte de R$ 1,5 bilhão, por setores econômicos, portes dos empreendimentos e região em que se encontram os projetos atendidos.

"Pontuamos como importante este evento de Programação FNE 2020 para o BNB, enquanto gestor do Fundo Constitucional na sua administração e operacionalização, pois valida sua programação orçamentária com parceiros institucionais ligados a diversos setores e atividades econômicas produtivas e sociais da região. Destacamos que partimos de um marco inicial de orçamento previsto para R$ 1,5 bilhão, no programa FNE Tradicional, e R$ 900 milhões no programa Infraestrutura, montantes que podem ser superados quando da apresentação de novas demandas de projetos de viabilidade e qualidade econômico-financeira", frisou o superintendente estadual do BNB no Piauí, Expedito Neiva.

As reuniões de programação da aplicação de recursos do FNE são promovidas em toda a área de atuação do BNB, que inclui o Nordeste e o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, e seguem diretrizes e orientações gerais do Ministério do Desenvolvimento Regional, do Conselho Deliberativo da Sudene, do Novo Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), dentre outros normativos e documentos de planejamento de referência.

A programação leva em conta, ainda, preceitos legais de alocação mínima de recursos no Semiárido e nos demais espaços priorizados pela Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) e de acordo com o porte do cliente, garantindo crédito para as regiões menos favorecidas e para os mini e pequenos empresários e produtores rurais.

FNE

O FNE é uma conquista regional obtida na Constituição de 1988, que destinou 1,8% do produto da arrecadação dos impostos sobre renda e proventos de qualquer natureza e sobre produtos industrializados para aplicação em programas de financiamento aos setores produtivos da área de atuação da Sudene. O Banco do Nordeste é o gestor do Fundo, principal fonte de recursos para financiamento aos empresários e produtores rurais da Região, visando minimizar as diferenças inter-regionais.