Ambiente de Comunicação

Gerente: Evangelina Leonilda Aragão Matos
(evangelina@bnb.gov.br)

Assessoria de Imprensa

Institucional: imprensa@bnb.gov.br

Endereço: Av. Dr. Silas Munguba, 5.700. Passaré
Fortaleza (CE)
Telefone: 85 3299-3301 / 85 3299-3149

Gerente Executivo: Francisco Maxshwell dos Santos de Oliveira
(max.oliveira@bnb.gov.br)


Voltar

Idilva Germano faz Tributo a Billie Holiday no Centro Cultural Banco do Nordeste

Fortaleza, 25 de abril de 2017 – Uma das mais aplaudidas intérpretes cearenses, Idilva Germano apresenta o show “Lady Sings the Blues”, no qual homenageia a lendária cantora norte-americana Billie Holiday. A performance acontece no Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB-Fortaleza), no dia 6 de maio, às 19h, dentro do programa Jazz em Cena. A entrada é gratuita.

Idilva conta com o talento de grandes instrumentistas cearenses nos arranjos, na direção e na execução musical: Luciano Franco (guitarra semiacústica e arranjos), Tito Freitas (piano), Jorge Mateus Doudemont (saxofone), Iury Batista (contrabaixo acústico) e André Benedecti (bateria). Juntos, os artistas convidam o público a fazer uma viagem por uma seleção especial do repertório da eterna Lady Day.

"Billie é uma grande inspiração para muitas cantoras. Para mim, que tenho um trabalho muitas vezes situado entre o jazz e a música brasileira, a influência da musicalidade dela é muito forte e especial", afirma Idilva Germano.

O "Jazz em Cena" é o novo projeto musical permanente do Centro Cultural Banco do Nordeste. “Em dois sábados a cada mês, contamos com apresentações especiais com músicos de destaque, em espetáculos elaborados para brindar o público com obras-primas da história do jazz, recriadas com o talento e criatividade de instrumentistas e intérpretes do Ceará”, frisa Maurício de Lima, gerente do Centro Cultural Banco do Nordeste Fortaleza.

A próxima apresentação acontece no dia 20 de maio. Márcio Resende, Thiago Almeida, Iury Batista e David Krebs  prestam tributo a John Coltrane e apresentam a íntegra do repertório do disco que se tornou um álbum icônico para a história do jazz: “Giant Steps”.