Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 

Voltar

Ministro da Fazenda encerra Fórum Banco do Nordeste de Desenvolvimento

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, participa do encerramento do XXI Fórum Banco do Nordeste de Desenvolvimento, que acontece em Fortaleza, nesta sexta-feira, 31 de julho, a partir das 8h30, na sede do BNB (Av. Dr. Silas Munguba, 5.700. Passaré).

O evento, que comemora os 63 anos da maior instituição financeira de desenvolvimento regional da América Latina, abordará tema “O papel do banco de desenvolvimento na economia do século XXI”. O objetivo é mobilizar as classes empresarial e política, governos, comunidade acadêmica e terceiro setor, em torno de questões relevantes para o desenvolvimento regional.

Participarão do fórum representantes de instituições parceiras como Ministério da Fazenda, BNDES, Confederação Nacional da Indústria (CNI), Sebrae e Associação Nacional dos Centros de Pós-Graduação em Economia. Também estarão presentes executivos da iniciativa privada, autoridades políticas, professores, economistas, ONGs e promotores de políticas de desenvolvimento em âmbito regional, nacional e internacional.

A programação contempla três painéis temáticos: “A promoção da inclusão social”; “Produtividade, competitividade e inovação: perspectivas para o Nordeste”; e “Desafios do financiamento à infraestrutura”. Além dos painéis, também haverá a entrega da Comenda Banco do Nordeste de Desenvolvimento Regional e lançamento do Selo “10 Anos de AgroAmigo”.

Acordo
Na oportunidade, também será assinado acordo de cooperação técnica entre Banco do Nordeste e Sabrae, que visa promover e estimular o aumento da produtividade e da competitividade e a implantação de ações inovadoras das micro e pequenas empresas (MPE), bem como dos microempreendedores individuais (MEI) e pequenos produtores rurais.

O BNB disponibilizará mais de R$ 3 bilhões em crédito para 2015 para MPE, devendo o Sebrae fazer o acompanhamento por meio de consultoria e capacitação para as empresas clientes do banco em gestão financeira, marketing, internacionalização, entre outros, e também para os próprios colaboradores do banco.

Serão desenvolvidos estudos e pesquisas sobre a situação desses segmentos, bem como a implantação do observatório de pequenos negócios para a região Nordeste. Para atendimento a esses empreendedores, serão realizadas ações voltadas para orientar o acesso a financiamentos, promover a capacitação técnica e gerencial e a ampliar o acesso ao crédito com destaque ao FNE Inovação, concebido especificamente para esses empreendimentos.

Segundo o Presidente do Banco do Nordeste, Marcos Costa Holanda, o acordo assinado faz parte da estratégia do banco de atendimento diferenciado e priorizado para as micros e pequenas empresas, haja vista a capacidade deste segmento de gerar ocupação  e renda.


Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x