Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 
Voltar

“BNB busca consolidação como banco das MPEs na Região”, diz Romildo Rolim

Fortaleza (CE), 5 de outubro de 2020 – “O Banco do Nordeste caminha para consolidar a posição de banco da micro e pequena empresa na sua área de atuação, sendo parceiro dos empreendedores, gerando empregos, aumentando a massa salarial e incrementando o valor bruto da produção e o valor adicionado à economia”.

A afirmação é do presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, ao participar, nesta segunda-feira, 5, da live “Cenários, tendências, pós-pandemia e o papel de um Banco de Desenvolvimento para ampliar a inovação, produtividade e competitividade das MPEs”.

O evento marcou o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, celebrado anualmente em 5 de outubro, ocasião em que foi entregue o VI Prêmio Banco do Nordeste MPE 2020, que reconhece os empreendedores do segmento que se destacaram com apoio do BNB.

Rolim disse, também, que, “nos primeiros nove meses deste ano, o Banco do Nordeste já investiu R$ 3,6 bilhões no segmento, montante superior em 35% ao que foi aplicado no mesmo período do ano passado”. Para o presidente do BNB, “esse fato evidencia o foco permanente estabelecido pelo BNB em relação às micro e pequenas empresas, notadamente no período da crise sanitária”.

A abertura do evento contou, ainda, com a participação do superintendente da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), Evaldo Cruz, e do diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Eduardo Diogo.

Desafio

No painel mediado pelo diretor de Negócios do BNB, Anderson Possa, o secretário de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Economia, Gustavo Ene, alertou que “o grande desafio das MPE no Brasil é aumentar a produtividade, dentro dos padrões da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE)”.

Ene disse que “é preciso gerar mais valor por unidade e entregar mais com menos recursos”, e acrescentou que “o Governo Federal tem desenvolvido esforços visando criar políticas que facilitem o acesso das micro e das pequenas empresas ao crédito”.

Já o superintendente de Negócios de Varejo e Agronegócio do BNB, Luiz Sérgio Farias, destacou que a performance do Banco do Nordeste no segmento gerou ou manteve 143,5 mil empregos e aumentou em R$ 1,3 bilhão a massa salarial em sua área de atuação. Os aportes do Banco incrementaram em R$ 583,9 milhões a arrecadação tributária, em R$ 7,1 bilhões o valor bruto da produção e em R$ 4,1 bilhões o valor adicionado à economia.

Premiados

Durante o evento, foram anunciados os vencedores do VI Prêmio Banco do Nordeste 2020 MPE, no Ceará: na categoria Comércio, Francisco Charles Pereira, de Aracati; na categoria Serviços, Nova Russas Vexnet Telecon Informática Ltda., de Nova Russas; na categoria Indústria, Lucileda Vieira Barros Eireli, de Canindé; e na categoria Inovação, ITC Vertebral Comércio de Franquias Ltda., de Fortaleza.

Vídeos em Destaque Vídeos em Destaque



Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x