Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 
Voltar

Agroamigo beneficia mais de 1,4 milhão de agricultores em 10 anos

Assessor do Agroamigo com cliente do programa

Fortaleza (CE), 13 de março de 2015 – O Banco do Nordeste comemora mais de 1,4 milhão de agricultores familiares atendidos pelo Agroamigo, maior programa de microfinança rural da América do Sul, que completa 10 anos de atuação em 2015. Em uma década, foram mais de R$ 6,1 bilhões aplicados.

Somente em 2014, o Agroamigo contratou mais de R$ 1,5 bilhão, distribuídos em mais de 406,4 mil operações de microcrédito rural. Para este ano, a meta do Banco do Nordeste é aplicar mais R$ 1,8 bilhão no âmbito do programa. Atualmente, a carteira ativa corresponde a R$ 2,71 bilhões, o que aponta para uma evolução de 226% nos últimos quatro anos.

“De forma inovadora, o Agroamigo tem enorme poder transformador na sociedade, na medida em que empodera, cada vez mais, as pessoas que vivem no meio rural. Atuando em sinergia com os programas sociais do Governo Federal, ele também contribui para o desenvolvimento econômico e para a redução das desigualdades”, afirmou o presidente do Banco do Nordeste, Nelson Antônio de Souza.

Microcrédito rural

Criado em 2005, o programa de microcrédito rural do Banco do Nordeste, Agroamigo, é operacionalizado em parceria com o Instituto Nordeste Cidadania e com o Ministério do Desenvolvimento Agrário. O objetivo é melhorar o perfil social e econômico dos agricultores familiares enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Com metodologia própria, o programa é adaptado às condições do meio rural e tem como principal característica o atendimento integral a partir da presença do assessor de microcrédito nas comunidades. Ainda que voltado para pessoas que vivem no campo, o Agroamigo incentiva o desenvolvimento de atividades produtivas agropecuárias e não agropecuárias.

Agroamigo Mais

Em 2012, em resposta a sua necessidade de expansão, o Agroamigo passa a ter dois produtos. No primeiro caso, o crédito continua beneficiando o grupo B do Pronaf (agricultores rurais com renda anual de até R$ 20 mil) com financiamentos de até R$ 4 mil.

Com a criação do Agroamigo Mais, porém, o programa passa a atender demais grupos do Pronaf (exceto A e A/C). Nesses casos, os agricultores com renda bruta familiar máxima de R$ 360 mil, nos últimos 12 meses, são beneficiados com financiamentos de até R$ 15 mil e limite total de R$ 30 mil para endividamento.


Vídeos em Destaque Vídeos em Destaque



Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x