Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 
Voltar

Banco do Nordeste aporta R$ 1,8 milhão da linha FNE Saúde no Rio Grande do Norte

Natal (RN), 29 de junho de 2021 - A procura por crédito do FNE Saúde, linha do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste para o setor, é crescente nas agências do Banco do Nordeste no Rio Grande do Norte. Desde o início do ano, a soma de créditos concedidos chega a R$ 1,8 milhão. Parte dos recursos investidos em cidades do interior do estado, o que evidencia a aposta dos profissionais potiguares numa medicina mais avançada, capaz de oferecer melhores serviços e tratamentos sem a necessidade de deslocamentos à capital, Natal.

Caicó, Mossoró, Parnamirim, Apodi e Macau estão entre as cidades contempladas com os investimentos, que permitem a construção ou adequação da estrutura física de clínicas e hospitais, e, na medida em que os clientes usam os recursos do FNE Saúde para a aquisição de equipamentos mais modernos, salvam vidas com intervenções mais seguras. Some-se a isso, a necessidade de mão de obra especializada, impactando na geração de emprego e renda no interior.

O FNE Saúde foi criado para financiar projetos e itens de investimento para a implantação, expansão, modernização, reforma, relocalização e/ou ampliação de empreendimentos do chamado Complexo Econômico Industrial da Saúde (CEIS), bem como prestadores de serviços do setor. Ela visa, ainda, investimentos para o desenvolvimento e produção de equipamentos e dispositivos médicos, e em laboratórios de pesquisa, quando relacionados a vacinas e medicamentos, e financia até mesmo impostos dos bens e serviços financiados e os tributos que compõem seus preços.

A linha de crédito foi aperfeiçoada para aceitar recebíveis do SUS ou dos planos de saúde como garantia; financiar Instituições beneficentes/filantrópicas, com ou sem fins lucrativos. Em resumo, é um amplo e abrangente apoio à Saúde, incluindo todos os seus fornecedores, fabricantes e prestadores de serviços. O prazo de amortização é de até 15 anos, incluindo carência de até 60 meses, com isenção do IOF.

O superintendente do Banco do Nordeste no RN, Thiago Dantas e Silva, considera que "o apoio ao setor está entre os propósitos da instituição em oferecer o devido suporte às atividades prioritárias, sendo a oferta ampla de serviços de saúde uma medida, em qualquer tempo, de desenvolvimento de um país ou região."


Vídeos em Destaque Vídeos em Destaque



Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x