Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 
Voltar

CCBNB apresenta espetáculos e oficinas na sétima semana de programação virtual

Fortaleza (CE), 13 de outubro de 2020 – A sétima semana de programação virtual dos Centros Culturais Banco do Nordeste inicia nesta quarta-feira, 14 de outubro, com a narrativa “Corpo Griot - Memória do Corpo”, o espetáculo “O Circo Mágico: só eu e ele” e a adaptação de “As Aventuras de João Sortudo”.

Semanalmente, a programação é exibida por meio do canal Centro Cultural Banco do Nordeste no Youtube, a partir das 16h, reunindo grupos e artistas individuais dos nove estados do Nordeste e do norte de Minas Gerais.

As atrações são de classificação livre, compostas por 120 projetos selecionados via edital de chamada pública, nas modalidades “Performance artística” e “Formação”.

 

Confira a programação de 14 a 17 de outubro:

 

Quarta-feira, 14/10 (Artes cênicas)

 

16h - Corpo Griot - Memória do Corpo - Mariana Sanfer (Campina Grande, Paraíba)

Performance em dança sobre a ancestralidade materna da artista Mariana Sanfer e sua relação com a Capoeira de Angola. O processo criativo entrelaça contação de histórias e movimentos corporais por meio da técnica de improvisação. O espetáculo explora a poética de traçados do corpo no espaço.

 

17h - O Circo Mágico: só eu e ele - Tio G Eventos (Juazeiro do Norte, Ceará)

Show virtual de animação e mágica com os palhaços Poupancinha e Kartolinha, buscando unir gerações em torno da diversão e do sorriso.

 

18h - As Aventuras de João Sortudo - Cia Prisma de Artes (Fortaleza, Ceará)

Adaptação de conto popular com linguagem repleta de ludicidade, musicalidade e fantasia. O espectador vai conferir a história de João Sortudo que, após muitos anos trabalhando em uma fazenda, é mandado de volta à casa de sua mãe e passa por diversas peripécias que lhe trazem bons aprendizados.

 

Quinta-feira, 15/10 (Artes visuais)

 

16h - Diário corporal de uma quarentena - Silvia Góes (Garanhuns, Pernambuco)

Vídeos realizados pela artista Silvia Góes, no período de isolamento social, como proposta de movimento poético das sensações mutantes que atravessam um corpo, a cada dia, em confinamento.

 

17h – “Oficina criação portfólios para artistas” - Tim Oliveira (Fortaleza, Ceará)

Série de dicas para montagem de portfólios, a fim de ampliar e dinamizar a divulgação de artistas, profissionais da cultura, grupos e coletivos. A oficina busca capacitá-los para a viabilização de seus projetos e reflexão sobre o papel do artista no contexto contemporâneo.

 

18h - Esperar secar pra voar - De ponto a ponto - Dedoverde (João Pessoa, Paraíba)

O vídeo aborda o processo criativo do desenho Esperar secar pra voar - De ponto a ponto, que pretende conversar sobre o momento de quarentena. Apresenta toda a construção da obra, realizada com a técnica de pontilhismo, além de uma conversa com sua autora.

 

Sexta-feira, 16/10 (Música)

 

16h - Arraial em casa: ritmos juninos e representatividade feminina na cultura nordestina - As Calungas (João Pessoa, Paraíba)

Aula de percussão sobre o forró e o coco, símbolos da cultura nordestina, com o objetivo de vivenciar esses ritmos. O grupo feminino As Calungas também faz uma reflexão sobre representatividade por meio de mulheres que são referências no assunto.

 

17h - Apresentação musical - Bia e Os Becks (Teresina, Piauí)

Show da banda Bia e Os Becks com clipes inéditos compostos e produzidos durante o período de quarentena. O grupo surgiu em 2012, em Teresina, e suas músicas falam de amor e superação de desafios.

 

18h - Bonilas no Cafofo da Vila – Bonilas (Fortaleza, Ceará)

Dispostos a utilizar de outras possibilidades de criação para lidar artisticamente com as limitações advindas do período de pandemia, os Bonilas experimentam canções de seus dois discos autorais. O resultado é um produto audiovisual, livre para todas as idades, com repertório que vai da MPB ao rock.

 

Sábado, 17/10 (Atividades infantis)

 

16h - O Conto de Nghala e Badu - Elane Santana (Salvador, Bahia)

Apresentação lúdica com recursos de contação de história, teatro e brincadeiras para retratar a encantadora amizade de duas crianças. O conto convida o público à conscientização sobre a necessidade de um mundo mais acessível, reivindicando o uso da Língua Brasileira de Sinais (Libras) nos processos educativos.

 

17h - Abayomis, um presente precioso! - Yasmin Elica (Fortaleza, Ceará)

Oficina sobre o processo de confecção de uma boneca de retalhos e, logo em seguida, contação de uma história da cultura afro-brasileira. O momento irá inserir o público num enredo que fala de afeto e proporcionará às crianças uma interação com seus cuidadores.

 

18h - Lendas brasileiras em cordel - Cordel Animado (Recife, Pernambuco)

O projeto é conduzido pela escritora e contadora de histórias Mariane Bigio e sua irmã, a musicista Milla Bigio. A dupla apresenta histórias autorais, em cordel, permeadas por música e sonoplastia. São utilizados recursos cênicos como bonecos, objetos e ilustrações. O repertório possui lendas brasileiras que mesclam o lúdico à consciência ambiental.


Vídeos em Destaque Vídeos em Destaque



Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x