Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 
Voltar

Microempreendedorismo cresce no Maranhão e supera R$ 1,2 bilhão financiado pelo Banco do Nordeste em 2020

 

O volume é recorde em financiamentos com microempreendedores maranhenses, auxiliando no enfrentamento aos desafios em meio à crise econômica

Grupo solidário formaliza financiamento junto ao Crediamigo Banco do Nordeste para aplicação em microempreendimentos do MaranhãoSão Luís (MA), 18 de dezembro de 2020 – A situação de calamidade pública em virtude da pandemia da Covid-19 resultou em uma série de desafios aos empreendimentos brasileiros. Aos microempreendedores, a necessidade de reinvenção e adaptação ao novo “normal” das atividades comerciais exigiu acesso ao crédito para novos investimentos e manutenção dos negócios. No Maranhão, o apoio creditício do Banco do Nordeste auxiliou a sustentabilidade dos microempreendimentos formais e informais, alcançando R$ 1,2 bilhão investido em 374 mil operações de crédito por meio do Crediamigo, até a primeira quinzena de dezembro.

Maior programa de microcrédito orientado da América do Sul, o Crediamigo Banco do Nordeste se destaca pela metodologia de orientação e acompanhamento técnico na aplicação dos recursos financiados a empreendedores formalizados ou não, no setor urbano. O volume aplicado no Maranhão, em 2020, representa incremento de 16% se comparado ao mesmo período do ano passado, alcançando investimento recorde em 22 anos de atuação do programa de microcrédito no Estado. Os empréstimos foram realizados nos 217 municípios maranhenses, por meio das 45 unidades de atendimento do Crediamigo, instaladas em todas as regiões do território estadual.

Somente no período de pandemia, desde o mês de março, foram aplicados R$ 962 milhões no Maranhão pelo programa Crediamigo, em 287 mil operações, revelando a importância do apoio creditício para amenizar os impactos oriundos da suspensão das atividades comerciais dos microempreendimentos. Desse total, com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), o Crediamigo liberou R$ 107 milhões com condições especiais de crédito emergencial no Estado.

“Viabilizar condições de sustentabilidade dos negócios, diante do delicado momento de pandemia, foi uma de nossas maiores preocupações. Por isso, ampliamos as facilidades ofertadas aos pequenos empreendedores, inclusive aqueles que atuam ainda na informalidade, oportunizando acesso ao crédito e à renegociação de dívidas, quando necessário. Assim, atendemos a mais de 370 mil clientes neste ano, com o Crediamigo, contribuindo com a geração de ocupação, emprego e renda entre os maranhenses”, explicou o superintendente estadual do BNB no Maranhão, Danivan Borges Lacerda.

Em toda a área de atuação do Banco do Nordeste – Região Nordeste e nortes dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, foram aplicados R$ 11 bilhões em 4 milhões de operações de crédito, incremento registrado de 14% no volume de recursos investidos em comparação a 2019.

O programa Crediamigo Banco do Nordeste dispõe de oportunidades de crédito para empreendedores individuais ou reunidos em grupos solidários, que atuam no setor informal ou formal da economia, em atividades de comércio, serviços e indústria, com linhas de crédito que ofertam até R$ 21 mil destinados a aquisição de matéria-prima e mercadorias ou investimento em máquinas, equipamentos e reformas de instalações físicas. Os empreendedores interessados nas oportunidades creditícias podem acessar um dos postos do Crediamigo.


Vídeos em Destaque Vídeos em Destaque



Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x