Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 
Voltar

Piscicultores investem R$ 760 mil na criação de tilápias no Cariri com financiamento do Banco do Nordeste

João Pessoa (PB), 6 de julho de 2021 - A produção de tilápias deve expandir ainda este ano no Cariri paraibano. Isso porque, somente para essa atividade, o Banco do Nordeste já soma R$ 760 mil em financiamentos na região. No total, serão 600 tanques-rede instalados em cinco barragens, que devem render uma produção mensal de 30 toneladas para atender demandas de feiras-livres, supermercados e compras diretas do setor público. As instalações estarão nas barragens de Camalaú, São José (em Monteiro), Congo, Sumé e Santo Antônio (em São Sebastião de Umbuzeiro).

Os financiamentos ocorrem por meio da linha do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) Mais Alimentos, com operações cujo valor médio é de R$ 20 mil. Os produtores são vinculados à Cooperativa de Pescadores, Aquicultores e Agricultores Familiares de Camalaú e região (Coopescaf) e, além do manejo do pescado, possuem um abatedouro com registro estadual, de onde pretendem estruturar a produção beneficiada de tilápias em filé, para o mercado consumidor.

O produtor José de Deus Barbosa explica que o financiamento permitirá a transição da atividade, que existe de forma artesanal, para um modelo industrial. "Sem parcerias a gente não consegue avançar. Tanto que estamos elaborando uma marca para o nosso produto e capacitando os pescadores para se transformarem em piscicultores", ressalta.

O gerente da agência de Monteiro, Victor Castro, reforça a importância do crédito para o segmento. "A organização dos piscicultores e o planejamento para estruturação da atividade, com suporte de capacitação e orientação para as práticas do mercado, é um fator positivo para a oferta de crédito. Cada produtor se coloca como empreendedor, e isso mobiliza a economia e o recurso aplicado serve como indutor do crescimento", destaca.


Vídeos em Destaque Vídeos em Destaque



Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x