Sistema de Gerenciamento de Convênios
Informações do Edital
202301 - EDITAL SOCIAL - ESPORTE/2023  (Relatório)   (Download do Edital)
Início das Inscrições: 19/09/2023 00:00
Final das Inscrições: 23/10/2023 23:59
Limitado: Sim

Valores Financiados pelo BNB

Valor Minimo: R$ 0,00
Valor Máximo: R$ 300.000,00
Constitui objeto do presente Edital a seleção de Projetos Esportivos e Paradesportivos, de cunho Social, direcionados ao público infanto-juvenil de baixa renda, desde que previamente aprovados pelo Ministério da Cidadania, para concessão de recursos financeiros não reembolsáveis oriundos de parcela do imposto de renda devido pelo Banco do Nordeste, em conformidade com sua Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) e com a lei de incentivo ao esporte.
 
Rubricas
NumeroNome% Mínimo% Máximo
5.0.00.00.00 Outras Rubricas 0,00% 100,00%
Regras VER EDITAL
 
Projetos Classificados
Instituição: Karina Patricia de Souza Pimentel / Associação Pazear
Projeto: As Jogadeiras - Empoderamento e Educação - 2a Edição
Objetivo: O planejamento educacional proposto para o projeto "As Jogadeiras - Empoderamento e Educação" é abrangente e se baseia em um método misto, combinando abordagens parciais e globais. Essa abordagem permite ao professor utilizar tanto exercícios específicos quanto jogos recreativos em suas aulas, de acordo com os objetivos e necessidades de cada turma. O método misto enfatiza atividades lúdicas e jogos recreativos, o que é particularmente adequado para o público-alvo composto por crianças e adolescentes do gênero feminino. As atividades físicas e técnicas são projetadas para promover um melhor aprendizado das alunas participantes do projeto. O planejamento dos conteúdos segue um padrão didático, buscando práticas educativas significativas que estimulem o aprendizado e o aperfeiçoamento das habilidades das participantes. O esporte coletivo, como o futebol de campo, é uma excelente escolha, pois oferece benefícios físicos, desenvolvimento de habilidades motoras, estímulo à parte cognitiva e fortalecimento do convívio social. A abordagem recreativa com crianças menores é uma abordagem apropriada, pois estimula e amplia os aspectos sensório-perceptivos e sensório- motores globais, contribuindo para o desenvolvimento integral das praticantes nessa fase importante de suas vidas. A utilização de atividades lúdicas e jogos recreativos é uma ótima maneira de engajar as participantes, tornando o aprendizado mais divertido e envolvente. Isso cria um ambiente propício para que as jovens se sintam motivadas a participar ativamente e desenvolver suas habilidades, ao mesmo tempo em que se beneficiam do fortalecimento do convívio social e da construção de amizades dentro do contexto esportivo. Esse planejamento educacional bem estruturado tem o potencial de impactar positivamente a vida das alunas participantes, oferecendo-lhes um espaço seguro e inclusivo para crescer, aprender e se empoderar por meio do esporte e da educação.

Instituição: CENTRO DESPORTIVO CONJUNTO GRAMORE CD CG
Projeto: ESCOLINHA DE FUTEBOL GRAMORE ZONA NORTE
Objetivo: Centro Desportivo do Conjunto Gramore, na perspectiva de proporcionar uma atividade esportiva com integração social a crianças e adolescentes do Conjunto Gramoré Zona Norte de Natal/RN. Que gostam de praticar esportes, bem como especificamente a modalidade de Futebol, que é essencial para ocupação e desenvolvimento dos jovens. Para isso o Projeto Escolinha de Futebol Gramoré Zona Norte, que será realizado no Campo de Futebol, localizado na Rua Bariri, 2, conjunto Gramore, Potengi - Natal/RN. CEP 59135-620. Com a finalidade de livra crianças e adolescentes em vulnerabilidade social através do esporte. O Projeto Escolinha de Futebol Gramore Zona Norte, já tem o patrocínio da Skisita Atakado traves da Programa de incentivo RN+ Esporte e Lazer Prof. Sebastião Cunha, foi aportado um valor R$ 174.574,40. 2023 valor esse que terá continuidade em 2024. Mas o valor ideal para execução do projeto e de R$ 430.275,20. por isso que solicitamos traves da Lei de incentivo ao Esporte Federal um valor de R$ 293.708,00. unificando os 2 recursos totaliza um de R$ 468.275,20. valor suficiente para execução do projeto..

Instituição: VEJA VOLEI
Projeto: VEJA BEM: ESPORTE E EDUCAÇÃO
Objetivo: A execução do Projeto VEJA BEM pelas escolinhas de vôlei, judô e futsal, além de propiciar a inclusão social, o desenvolvimento integral da criança e do adolescente nos vários aspectos de sua formação, contribui também para o desenvolvimento do futuro do esporte brasileiro, com a possibilidade de revelar novos talentos que darão continuidade a essa hegemonia. Realizando aulas semanais, 2 aulas por cada modalidade em que o aluno está inscrito. Além do esporte, a formação em educação profissional também está nos propósitos do Projeto VEJA BEM, pois a segurança que o conhecimento proporciona aos jovens e adolescentes em busca de capacitação fortalece a formação de sua identidade como indivíduo útil a sociedade a qual está inserido e autoconfiante de suas capacidades. A escolha profissional é um momento difícil para a maioria dos jovens, muitos não encontram alternativas nessa fase da vida, estando vulneráveis ao que apenas as ruas, diante do ócio que nela existe tem a oferecer, como festas, bebidas, drogas e até mesmo a criminalidade. Sendo assim, levar aos adolescentes e jovens a oportunidade de conhecimento e formação profissional irá conduzi-los a fazerem as escolhas certas para o seu futuro. O Projeto está situado na cidade Picuí-PB, município com população de 18.737 (dezoito mil setecentos e trinta e sete) habitantes, cidade com notável potencial esportivo e com uma demanda promissora, tendo em vista que não há nenhum outro projeto direcionado para os esportes indoor. Desta forma, foi observado que o Voleibol, maravilhoso Esporte Olímpico em grande evidência no Brasil, se enquadra perfeitamente com o perfil da cidade. Atualmente temos nossa sede própria, localizada na rua Eliziario Candido, bairro JK, foi adquirida por meio de doação, onde foi construída a quadra, e também conseguimos adicionar uma sala de aula, com quadro, data show e todo o material necessário para a realização dos cursos e reuniões.

Instituição: Associação Humana Povo para Povo Brasil
Projeto: Escolinha de Futebol Centro Social Urbano Portão: formando cidadãos e atletas para o futuro
Objetivo: O projeto Escolinha de Futebol Centro Social Urbano Portão: formando cidadãos e atletas para o futuro tem como objetivo geral de promover a prática do futebol para 100 crianças e adolescentes de 7 a 17 anos da periferia de Lauro de Freitas-BA, melhorando a qualidade de vida e estimulando o desenvolvimento integral do indivíduo, com a prática regular e sistemática do esporte e, também, a formação para o exercício da cidadania e inclusão social Este objetivo geral se destrincha nos seguintes objetivos específicos, atividades e metas: Objetivo específico 1: Promover a prática do futebol a 100 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, entre 6 e 17 ano, da periferia de Lauro de Freitas, Bahia. Objetivo específico 2: Estimular a promoção da cidadania e inclusão social das crianças e adolescentes participantes através de competições esportivas e ações de cidadania, assim como fortalecer a identidade cultural, prezando pela socialização, cooperação, solidariedade e compromisso com a comunidade. Atividades: 1. Contratação de pessoal para viabilizar a execução do projeto; 2. Aquisição de materiais e equipamentos para implementação do projeto; 3. Realização do processo de divulgação das atividades e inscrição dos participantes; 4. Realização do processo de divulgação das atividades e inscrição dos participantes; 5. Realização das atividades de futebol, Atividades de cidadania, valorização cultural e competições esportivas; 6. Eventos com a participação da comunidade, Acompanhamento escolar dos participantes. Metas: 80% de assiduidade dos participantes nas atividades de futebol. Pelo menos 70% dos participantes têm melhor entendimento e desempenho na prática do futebol. 80% de assiduidade dos participantes nos eventos de cidadania. Alcançar 500 participantes, através dos eventos de cidadania. Frequência escolar mensal de 80% ou mais de cada participante do projeto.

Instituição: Liga Desportiva de Pindoretama
Projeto: Linha dos Três
Objetivo: O projeto Linha dos Três tem por objetivo fomentar a pratica da modalidade de Basquete com foco no esporte educacional, atendendo 140 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, prioritariamente matriculados em escola pública. As turmas serão atendidas em 03 núcleos, no município de Pindoretama, sendo 01 núcleo na sede e 2 núcleos na zona Rural (Sítio Correia e Caponga Funda). O projeto terá uma gestão participativa, envolvendo os alunos, pais e comunidade, na construção de ações que impacte positivamente na vida e nos locais dos beneficiados, sendo avaliado a cada trimestre, com momentos de sugestões, reflexões e orientações para o bem comum dos envolvidos. Inscrições As inscrições serão presenciais, no espaço físico na sede da proponente com o preenchimento dos dados e documentos necessários, a inscrição deve ser feita pelos pais ou responsável legal pela criança ou adolescente. Serão ministradas aulas de basquetebol com uma duração de 60 minutos no contra turno escolar dos alunos participantes, duas vezes por semana para cada turma, realizadas em equipamentos de responsabilidade da entidade proponente, atendendo o melhor acesso para os participantes das atividades. As aulas terão as seguintes etapas, roda de conversa inicial, aquecimento, parte principal, volta à calma e roda de conversa final. Atividades que melhoram a concentração e atenção, socialização, conhecimento de seus limites, trabalho em grupo, habilidades motora, equilíbrio, fundamentos do basquetebol e muitas outras temáticas para o desenvolvimento físico, social e intelectual, estará dentro da matriz curricular passada pelos professores do projeto.

Instituição: Associação Petrolinense de Atletismo
Projeto: ESCOLINHAS ESPORTIVAS INCLUSIVAS
Objetivo: O projeto "Escolinhas Esportivas de Atletismo" é uma iniciativa ambiciosa da Associação Petrolinnense de Atletismo, com o objetivo de estabelecer cinco novos núcleos de atletismo inclusivo em cidades localizadas no Sertão de Pernambuco e Bahia. A sua principal missão é proporcionar oportunidades de desenvolvimento físico, social e pessoal para crianças e adolescentes, independentemente de suas habilidades ou deficiências. A meta do projeto é atender um total de 400 crianças e adolescentes, formando grupos de 80 participantes em cada um dos cinco núcleos. A inclusão é um dos pilares fundamentais dessa proposta, uma vez que visa acolher tanto aqueles com deficiências quanto aqueles sem, promovendo a integração e a igualdade entre os participantes. Além disso, o projeto tem um impacto significativo nas comunidades onde os núcleos serão estabelecidos. O projeto contribuirá para o fortalecimento do esporte local, criando oportunidades de emprego para treinadores e pessoal de apoio, e promovendo a conscientização sobre a importância do esporte como ferramenta de inclusão social e desenvolvimento humano. O projeto "Escolinhas Esportivas de Atletismo" da Associação Petrolinnense de Atletismo é uma iniciativa que visa promover o esporte inclusivo e o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes no semiárido nordestino. Com uma abordagem educativa e esportiva, a proposta tem o potencial de transformar vidas, construir comunidades mais saudáveis e igualitárias, e deixar um legado duradouro no cenário esportivo regional.

Instituição: ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL, ESPORTIVA E SOCIAL DO BRASIL
Projeto: ESCOLA DE ESPORTES MONTES CLAROS ANO II
Objetivo: 1 - Recursos Humanos Para uma boa execução do projeto, propomos a contratação de recursos humanos, conforme listado abaixo: - 1 Coordenador Técnico - 1 Coordenador Pedagógico - 1 Assistente Social - 2 Professores - 2 Estagiários 2 - Captação de Alunos/ Divulgação do Projeto O processo de divulgação e convocação de novos alunos realizar-se-á de três formas, sendo elas: - Visitas às Escolas da Rede de Ensino Municipal e Estadual da região/cidade; - Visitas a Projetos Sociais das comunidades vulneráveis das cidades atendidas; - Atendimento dos interessados que procurem diretamente as unidades do projeto. 3 - Inscrição dos Alunos As inscrições serão realizadas diretamente com o Coordenador e Professores, obedecendo a uma ordem de chegada, através de preenchimento da ficha de cadastro, com documento comprobatório de registro no ensino formal. Após preenchimento das vagas será criada uma lista de espera, com telefone de contato, a partir da desistência formal de algum aluno, será chamada outra pessoa para substituí-lo, de acordo com a sequência da lista de espera. Todos os alunos deverão estar regularmente matriculados na rede de ensino, e no mínimo 50% das vagas serão para alunos da rede pública de ensino. 4 - Aulas As aulas serão desenvolvidas de a2x por semana em cada turma, com 1h de aula. Será feita com experiência anterior comprovada e registro no conselho de classe. Em relação aos recursos humanos contratados, segue o quadro de horário de RH com informações do cargo, atribuições, horário de trabalho semanal, carga horária, forma de contratação e formação acadêmica. 5 - Aquisição de Material Esportivo, Uniformes e Equipamentos Para o bom desenvolvimento das atividades e organização das aulas do presente projeto, será necessária a aquisição de alguns materiais esportivos e uniformes, conforme detalhado na planilha financeira.

Instituição: INSTITUTO DE AÇÕES AMBIENTAIS, CULTURA E JUSTIÇA SOCIAL
Projeto: Esporte e Interação
Objetivo: Em resumo, o Projeto Esporte Interação da AMJUS auxiliará na educação integral dos beneficiários ao proporcionar uma experiência educativa diversificada e abrangente. Através das atividades esportivas, recreativas, educacionais e artísticas, o projeto busca desenvolver os participantes em todas as suas dimensões: intelectual, física, emocional, social e educacional. A prática esportiva oferecida no projeto contribuirá para o desenvolvimento físico dos beneficiários, promovendo a melhoria das aptidões motoras e incentivando um estilo de vida saudável. Além disso, as atividades lúdicas e recreativas na fase de iniciação esportiva despertarão o interesse pelo esporte e desenvolverão habilidades fundamentais. Através das diferentes modalidades esportivas, os beneficiários terão a oportunidade de interagir com múltiplas linguagens e recursos, estimulando o aprendizado de forma integrada e envolvente. O convívio com outros colegas, educadores e comunidades locais também fortalecerá as relações sociais e a construção de valores éticos e morais. Ao participar dos eventos de integração e da prática regular das atividades, os beneficiários poderão vivenciar situações que promovam a cooperação, o respeito, a solidariedade e o jogo limpo. Esses aspectos são fundamentais na educação integral, pois contribuem para o desenvolvimento de competências socioemocionais e para a formação de cidadãos conscientes e engajados em sua comunidade. Ao reservar vagas para alunos de escolas públicas e para o gênero feminino, o projeto busca promover a igualdade de oportunidades, garantindo que mais crianças e adolescentes tenham acesso a uma educação integral, independentemente de suas origens sociais ou gênero. Portanto, o Projeto Esporte Interação da AMJUS contribuirá para a educação integral dos beneficiários ao proporcionar uma abordagem holística, que busca desenvolver todas as dimensões do indivíduo e promover valores e competências essenciais para uma vida plena e cidadã.

Instituição: André Luiz dos Santos Dorea / ASSOCIAÇÃO DE SURF DE ILHÉUS
Projeto: Ilhéus Surf por amor
Objetivo: O projeto tem como objetivo fomentar a prática do Surf a fim de contribuir para a prática esportiva regular de crianças e adolescentes e, consequentemente, angariar mais adeptos para a modalidade na cidade de Ilhéus - BAHIA. Atenderemos 120 crianças e adolescentes de 6 a 18 anos dos gêneros feminino e masculino da cidade de Ilhéus - BA em 3 núcleos pela cidade, sendo um núcleo no norte, outro no centro e outro no sul. Essa subdivisão se deve pelo fato da extensão territorial do litoral da cidade de Ilhéus, proporcionando a participação para maior número de beneficiários da cidade. As aulas acontecerão com 4 turmas de 10 alunos em cada núcleo, totalizando 120 beneficiários, sendo atendidos com 2 aulas de 1:30h por semana. Para oferecer um reforço da alimentação dos beneficiários, serão oferecidos kit lanches durante todas as aulas.O projeto tem como objetivos: - Oportunizar a prática esportiva sistematizada para crianças e adolescentes como forma de contribuir para a redução da ociosidade e promoção à saúde; - Contribuir para a diminuição de situações de risco e vulnerabilidade social, através do fomento à prática esportiva; - Promover os benefícios da atividade do surf nos aspectos físico, social, ambiental e cultural. Além disso, teremos palestras e atividades práticas de cuidados com o meio ambiente, principalmente nas praias onde serão realizados as atividades. Ao oportunizarmos o acesso a prática esportiva através de política públicas, estamos levando o esporte a áreas que muitas vezes não possuem ações e programas.

Instituição: INSTITUTO CUMBUCO BOM DE BOLA
Projeto: Cumbuco Bom de Bola - Ano II
Objetivo: Desde 2013, o ICBB tem trabalhado em parceria com indivíduos, famílias e comunidades através do projeto com o objetivo de desenvolver potencialidades, fortalecer vínculos familiares e comunitários, e reduzir as vulnerabilidades. Em seu segundo ano, seu enfoque principal é promover a prática esportiva, especificamente nas modalidades de Futsal e Futebol, visando não apenas melhorar as aptidões físicas e motoras, mas também cultivar valores entre crianças e adolescentes. Com um total de 180 beneficiários, divididos em 80 crianças e 100 adolescentes, por isso concentra seus esforços em crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, especialmente estudantes de escolas públicas e de baixa renda, independentemente do gênero; ainda, conta com uma equipe que possibilita o atendimento multidisciplinar desses jovens que inclui recursos humanos, como estagiário, gerente geral, coordenador pedagógico, professor, psicólogo e monitor,. Praticado nos sistemas de ensino e em formas assistemáticas de educação, evitando-se a seletividade, a hipercompetitividade de seus praticantes, com a finalidade de alcançar o desenvolvimento integral do indivíduo e sua formação para o exercício da cidadania e a prática do lazer. Além disso, o projeto também se envolve em ações ambientais nas praias, proporcionando oportunidades de aprendizado de kitesurf com Júnior Oliveira, bem como aulas de inglês, destacando a relevância do kitesurf e o surf como ferramenta para a transformação social. Neste processo de ensino quanto mais o gesto for apurado, melhor será o desempenho, mas se tratando de aprendizagem de crianças, não podemos negar a importância da aprendizagem e seu processo através da ludicidade, do brincar do interagir, promovendo através do esporte uma potente ferramenta de desenvolvimento e inclusão.

Instituição: José Renato de Godoi / Instituto de Esportes
Projeto: Nadando Na Frente - Fortaleza Ano II
Objetivo: Em resumo, o projeto tem como principais objetivos incentivar a prática da natação, promover a saúde através do esporte e melhorar a qualidade de vida dos jovens. Para alcançar essas metas, oferecemos uma infraestrutura adequada com um local apropriado para a prática esportiva. Além disso, buscamos despertar a consciência social tanto nas famílias como na comunidade, e contribuir para a melhora das capacidades físicas e habilidades motoras dos participantes. Acreditamos que a natação é uma ferramenta valiosa para o desenvolvimento de uma educação integral dos beneficiários através de cursos de formação, capacitação, oficinas, eventos de integração que ocorrem anualmente e para promover o bem-estar geral da comunidade. E lembrando que o foco de acolhimento é através do esporte, para atender jovens em vulnerabilidade social. Nossa metodologia de ensino de natação abrange os quatro estilos olímpicos: crawl,costas, peito e borboleta, além do nado medley. A avaliação determina o nível de entrada, podendo ser Iniciante 1 ou Iniciante Zero. Avaliações semestrais são realizadas para monitorar o progresso e a possível mudança de nível. Priorizamos uma abordagem centrada no aluno, enfatizando o desenvolvimento pessoal sobre prêmios esportivos. Destacamos que o Projeto "Nadando na Frente" em seus anos anteriores, já impactou positivamente seus beneficiários de várias maneiras. Promoveu o desenvolvimento físico e a saúde, a inclusão social de crianças em situação de vulnerabilidade, estimulou o desenvolvimento integral, ensina valores e princípios de cidadania, identificou talentos esportivos, e realiza ações solidárias.

Instituição: Neilson da Silva Souto / Associação de Moradores do Bairro do Viradouro
Projeto: Projeto Fortalecendo Direitos - Ano III
Objetivo: O projeto visa promover mudanças significativas nos beneficiários e na comunidade, buscando estimular hábitos mais saudáveis, conscientizar sobre a importância do esporte, aumentar a satisfação e engajamento dos participantes, desenvolver habilidades socioemocionais, fomentar a consciência cidadã e promover a igualdade de gênero. Os resultados esperados incluem a adoção de uma rotina mais ativa e saudável pelos beneficiários através das atividades desenvolvidas como as aulas de Futebol, Futsal, Jiu-Jitsu, Taekwondo e o Xadrez como ferramenta de educação com redução do sedentarismo e uma maior conscientização sobre os benefícios do esporte para a saúde física e mental. Espera-se que os participantes se sintam satisfeitos e motivados a continuarem participando do projeto, enquanto desenvolvem habilidades interpessoais e emocionais, fortalecendo a interação e o autoconhecimento. Além disso, o projeto busca formar cidadãos mais conscientes de seus direitos e deveres, comprometidos com o bem-estar da comunidade e promovendo a inclusão social ao garantir o acesso de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social às atividades esportivas e culturais. Por fim, a iniciativa busca também promover a igualdade de gênero, incentivando a participação igualitária de meninos e meninas nas atividades e combatendo estereótipos de gênero. Essas mudanças e resultados almejados têm como objetivo proporcionar uma experiência enriquecedora e transformadora para os beneficiários, contribuindo para o desenvolvimento integral de cada indivíduo e para o fortalecimento da comunidade como um todo. Por fim, o projeto prevê a realização de rodas de conversa para ouvir as opiniões e sugestões dos beneficiários, promoverá orientações sobre as atividades do projeto, os benefícios do esporte e da atividade física, além de informações sobre direitos e deveres na sociedade buscando garantir até mesmo os responsáveis pelos jovens estejam envolvidos nos momentos cruciais de suas vidas.

Instituição: Associação Dojo Samurais
Projeto: Manutenção Anual do Projeto SuperAÇÃO - Ano 01
Objetivo: Este projeto visa a contratação de pessoal técnico especializado responsável por aulas de judô e demais propostas, ministradas no projeto SuperAÇÃO, onde estão sendo trabalhadas 100 crianças que apresentam um alto grau de vulnerabilidade social de uma pequena vila no município de Maceió/AL. O projeto dará continuidade a planos de trabalho já aprovados e que não contemplam contratação de pessoal.

Instituição: Associação Sementes do Vale
Projeto: Formando Campeões – Ano 2
Objetivo: O projeto Formando Campeões - Ano 2 será desenvolvido no sertão de Minas Gerais, com o objetivo de fortalecer o vínculo educacional e promover o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes moradores de comunidades rurais em situação de vulnerabilidade social através da prática de atividades esportivas educacionais no período de contraturno escolar. Para isso, serão disponibilizadas oficinas esportivas nas modalidades futsal, vôlei e muay thai. O projeto irá atender 90 beneficiários diretos, destinando, no mínimo, 90% das vagas para estudantes matriculados na rede pública de ensino. O projeto vigora em conformidade com o que está previsto na Base Nacional Comum Curricular – BNCC, que diz que o esporte como prática social, é passível de ser modificado e ressignificado pelos praticantes, tornando-se uma ferramenta de lazer, saúde e educação a fim de proporcionar o desenvolvimento de competências educacionais que visam cooperar para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. O projeto contempla também a formação de um núcleo psicossocial, composto por psicólogo e assistente social, a fim de acompanhar a comunidade em suas demandas, atuando diretamente na garantia de direitos, entendendo que o desenvolvimento dos alunos perpassa também pelo fortalecimento dos vínculos familiares.

Instituição: Marck Davison dos Santos Diniz / ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA BOLA NO PE
Projeto: Projeto Bola no pé - João Pessoa / PB. Ano I.
Objetivo: O projeto Bola no Pé - João Pessoa / PB, ano I. Terá uma central administrativa e a ligada as praticas esportivas diretas, para o atendimento de 120 (cento e vinte) crianças, adolescentes, sob a inclusão gratuita nas oficinas de esporte da modalidade de Futsal e Futebol de Campo, sem seletividade, pelo ciclo de 12 (dose) meses, priorizando estudantes da rede publica e privada de ensino educacional da capital de João Pessoa - PB. No polo administrativo No Polo Pedagógico Terá 07 profissionais, sendo formados em educação física com CREF, para as funções de coordenação, supervisão e de professores. Tendo ainda, monitores de esporte com habilitação (experiência) para atuação. O projeto tem a finalidade de iniciar na 1a semana de fevereiro/2024, havendo aprovação deste certame e liberado pelo MESP, favorecendo 120 crianças e adolescentes de 10 á 17 anos, nosso publico alvo principal, com enfase aquelas de vulnerabilidade social, com extrema preferência. 70% das vagas temos o interesse de favorecer alunos oriundos das escolas publicas e 30% da rede de ensino privado, sendo que na proposta original, serão 120 vagas, porém, a entidade buscará ampliar esse quantitativo em pelo menos +25% ampliando a inclusão de alunos interessados (ouvintes). O projeto terá atividades complementares bimestrais com temas transversais, tendo ainda o beneficiário, direito ao lanche dia/atividade e uniforme padronizado do projeto.

Instituição: Luciano de Souza Zallio / FEDERACAO BAHIANA DE XADREZ
Projeto: FBX Movendo peças e Formando Gênios
Objetivo: A implementação do projeto “FBX Movendo peças e Formando Gênios” por meio da Lei de Incentivo ao Esporte representa uma iniciativa de grande relevância e impacto, baseada em diversos fundamentos sólidos que demonstram a necessidade e o potencial transformador deste projeto. A importância do projeto em questão está ancorada nos pilares abaixo: 1 - Promoção da Educação e do Desenvolvimento Pessoal: 2 - Inclusão Social e Oportunidades Iguais: 3 - Desenvolvimento de Habilidades Sociais e Comportamentais: 4 - Prevenção de Comportamentos de Risco: 5 - Promoção do Esporte e do Lazer: O objetto do projeto é Prática esportiva do Xadrez para crianças e adolescentes estudantes de escolas públicas da Bahia. O Projeto irá acontecer em 6 núcleos (cidades do estado da Bahia - Salvador, Paulo Afonso, Feira de Santa, Vitória da Conquista, Irecê e Luís Eduardo Magalhães) contando com curso de xadrez para professores da rede de ensino e oferecimento de aulas regulares de xadrez para 40 alunos de cada núcleo, totalizando 240 beneficiários em 12 meses de execução do projeto.Em resumo, este projeto não é apenas uma oportunidade de ensinar xadrez, mas uma oportunidade de moldar ofuturo de 240 jovens da Bahia e suas famílias, promovendo a educação, a inclusão, o desenvolvimento pessoal e a cidadania responsável. Através da prática do xadrez, essa iniciativa tem o potencial de impactar positivamente a vida dos jovens, preparando-os para um futuro mais brilhante e promissor.

Instituição: LIGA DE ESPORTES AMADORES DO CRATO - L.E.A.C
Projeto: Formando Cidadãos e Revelando Talentos
Objetivo: O esporte é um direito de todos assegurado pela própria Constituição Federal previsto no artigo 217 e no Estatuto da Criança e do Adolescente, mas pode ser, também, e é um verdadeiro programa social, se constituindo em importante ferramenta na educação e socialização das crianças e adolescentes, a partir do momento em que auxilia no seu desenvolvimento integral, físico e emocional, e na construção de seus valores éticos e morais. Com isso, os princípios fundamentais do esporte são ampliados da esfera esportiva à social, satisfazendo as necessidades de diversão, movimento e integração das crianças e adolescentes, fazendo com que estabeleçam laços afetivos e indissolúveis ao longo das suas vidas.

Instituição: PEDRO HENRIQUE FERRAZ MACEDO / ASSOCIACAO ESPORTIVA VF4
Projeto: VF4 CAMPEÃO (ANO II)
Objetivo: Pretendemos com a execução do projeto dar continuidade ao trabalho que vem sendo realizado por meio da doação do Banco do Nordeste, indo para o segundo ano de atividades, além de contribuir para a formação social, oportunizando que crianças e adolescentes oriundos de comunistímulos a prática do movimento corporal, através dos jogos e brincadeiras, desenvolver respeito as regras, colegas e professores, noções de direitos e deveres,dades carentes da cidade de João pessoa, e circunvizinhança, tenham acesso a prática do futebol, bem como, ofertar e ocupação do tempo ocioso destes jovens, utilizando o esporte como ferramenta de transformação social As atividades acontecerão nas instalações da Associação Esportiva VF4 de segunda-feira a sexta-feira, no turno manhã e/ou tarde. O espaço em questão disponibiliza de uma excelente infraestrutura básica, necessária para materialização das atividades. Para o desenvolvimento das aulas, será contratada equipe especializada da Educação Física, sendo 01 Coordenador Técnico, 01 Técnico de Futebol, e 01 Auxiliar Técnico. São notórios os benefícios que as práticas esportivas podem trazer para a sociedade. Atualmente a busca pelo bem-estar individual e coletivo, pela consolidação de valores morais e éticos, com contribuições educacionais e boas influências na qualidade de vida, além de estarem presentes em todos os níveis sociais, acabam por ter as práticas esportivas como um elemento fundamental para seus alcances. Porém, não são todos os brasileiros que têm acesso ao esporte. Este quadro alerta para a necessidade de iniciativas que contribuam para a diminuição desta situação de ausências de atividades esportivas que, inclusive, é direito constitucional. É neste contexto, que pretendemos oportunizar com que crianças e adolescentes escolares entre 15 e 17 anos de ambos os sexos, tenham uma riquíssima oportunidade de vivenciar a prática e a aprendizagem acerca do futebol

Instituição: Thiago Oliveira de Souza / INSTITUTO GERAÇÃO 4
Projeto: GERANDO NA ALTA II
Objetivo: Fundado em 2011 pelo Campeão do Mundo FIFA de Beach Soccer Fernando Ddi e certificado pela ONU Mulheres, UNICEF e Universidade do Futebol no curso "Educar pelo Futebol", o Instituto Geração 4 tem como missão promover a educação por meio do esporte. Atualmente, impactamos mais de 900 crianças em 15 núcleos distribuídos por seis cidades de Pernambuco. Minha história pessoal e profissional foi marcada por desafios significativos, e fiz a promessa de que, se as coisas dessem certo, não permitiria que nenhuma criança passasse pelas dificuldades que eu enfrentei. Após a conquista do título mundial, decidi parar e cumprir minha promessa. Nossas atividades e metodologia incluem acompanhamento psicológico para alunos e familiares, aulas de futebol ministradas por professores certificados, fornecimento de alimentação, hidratação, uniformes e um ambiente seguro e adequado para treinamento. Esses são elementos básicos que eu mesmo não tive na minha infância e que hoje são parte exclusiva das nossas iniciativas

Instituição: Isabella Nazario Pereira / Sociedade Pro-Amiga Cariri
Projeto: PROJETO MAIS SOCIAL DO CEARÁ 7
Objetivo: Proponente: Sociedade Pro-Amiga Cariri - SPAC. CNPJ: 13.073..383/0001-70. Endereço: Rua Coronel Antônio Luiz, 1303 A. Pimenta. Crato – CE. PROJETO – Publicado no DOU de Nº (s) 141 de 26/07/2023 e retificação no nº 156 de 16/08/2023 Secção I. Título: PROMOAS 7 – PROJETO MAIS SOCIAL DO CEARA / LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE 11.438/2006. Nº SLI: 2301008. Nº Processo: 71000.048871/2023-57. Manifestação Desportiva: Educacional. Modalidade(s): Futebol e Futsal. Duração: 12 Meses. Público-alvo: Crianças e Adolescentes: Total de Beneficiários: 420. Nº profissionais: 17 composto por Coordenação geral, coordenação Pedagógica, Professores com CREF, Monitores com habilitação Operacionalmente o PROMAS 7, será executado sob prioridade em áreas comunitárias para o público de vulnerabilidade em cinco municípios do CE: CRATO, JUAZEIRO DO NORTE, FARIAS BRITO, CAUCAIA e FORTALEZA (CE), nestes municípios, serão inclusos POLOS com oficinas de esporte nas modalidades do FUTEBOL DE CAMPO e FUTEBOL DE SALÃO, com atendimento 3x por semana, com duração de 3 horas/dia de atividade em contra turno escolar, tendo ainda o beneficiário, acesso as atividades COMPLEMENTARES voltado a palestras sempre na 1ª terça – feira de cada mês, conforme cronograma das atividades, com foco em temas transversais e dinâmicas de grupo sequencial: 1º mês/Saúde, 2º mês/Educação, 3º mês/Violência na juventude, 4º mês / Primeiros socorros. 5º mês/ Drogas na juventude. 6º mês/Segurança. 7º mês/Direitos humanos. 8º mês/reunião de pais e mestres. Será concedido uniforme padronizado gratuitamente e no dia de atividade será servido um kit lanche para todos os alunos. Não será cobrado nenhuma taxa de qualquer natureza, a qualquer serviço prestado por este projeto incentivado.

Instituição: ASSOCIAÇÃO DE ESPORTES CULTURA E AÇÃO SOCIAL COLORDO
Projeto: ATLETAS CRAQUES EM CIDADANIA
Objetivo: O nosso projeto é voltado para o desporto visando o esporte sem, no entanto, atender atletas profissionais, com foco no atendimento apenas para alunos e atletas amadores; Não será cobrado qualquer valor dos beneficiários do projeto; As atividades serão realizadas em espaço disponibilizado pelo proponente; Toda equipe tem suas contratações efetivadas segundo os critérios da CLT, com registro em carteira dos profissionais e contrato de trabalho por prazo determinado; * A seleção dos alunos do projeto se dará por meio de visitas as instituições de ensino realizadas nas quatro primeirassemanas de execução do projeto; Alguns bens permanentes adquiridos com verbas da Lei 11.438/06 serão disponibilizados ao projeto; Nos locais de desenvolvimento do projeto há acessibilidade aos idosos e deficientes motores. As aulas vão ser realizadas por dois turnos (manhã e tarde) em três dias da semana. O número máximo de alunos por categoria na escolinha é de 25, para facilitar e viabilizar o trabalho dos professores. Nas aulas, vão ser ensinados os fundamentos do futebol (passe, cabeceio, domínio, chute), tática, além da promoção de treinamentos coletivos. ATLETAS CRAQUES EM CIDADANIA. Nº Projeto: 2200388 4

Instituição: Juraci Moreira Junior / Federação de Triathlon do Estado do Ceará
Projeto: Escolinha de Triathlon Aracati
Objetivo: A formação de crianças e adolescentes por meio do esporte é a principal missão da Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Mais do que as técnicas do nada, pedala e corre, a equipe técnica segue diretrizes pedagógicas para orientar os triatletas mirins em questões como organização pessoal, disciplina e respeito aos pais e professores. Essas diretrizes também estão de acordo com os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, a ONU, com a qual o projeto está comprometido. A Escolinha busca atingir esses objetivos de forma individual, com ações de conscientização com os alunos, e coletiva. Faz parte do projeto o compartilhamento dos equipamentos de treino, a preocupação com uma educação escolar de qualidade, adoção da igualdade de gêneros no número de alunos e professores. Projeto tem finalidade educacional, caracterizado pela pratica esportiva social, sem intenção competitiva, onde o foco das atividades é a promoção da saúde e bem estar através do esporte, os alunos são obrigatoriamente estudantes de escolas com no mínimo 50% destes de instituições públicas. O ministério do Esporte já reconheceu o projeto como educacional. Formando Campeões A Escolinha de Triathlon Formando Campeões, iniciada há sete anos em Curitiba (PR), é hoje um modelo de formação da modalidade no País. Idealizado pelo atleta olímpico curitibano Juraci Moreira, contempla 1250 crianças e adolescentes em 24 núcleos espalhados por Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Distrito Federal, Bahia e Ceará. Em Aracati, a Escolinha de Triathlon Formando Campeões tem execução da Federação de Triathlon do Estado do Ceará e apoio da Prefeitura de Aracati.

Instituição: Swell Surf Baia Formosa
Projeto: Projeto Swell III
Objetivo: Há 5 anos, em Baía Formosa - Rio Grande do Norte, nasceu a missão Projeto Swell, em uma região de vulnerabilidade social, com muitas crianças e adolescentes à margem da prática segura do esporte e de educação de qualidade, ali era o local exato para a concretização da missão, onde a demanda e a procura alinharam-se e proporcionalmente adicionados à trabalho, planejamento, organização do trabalho interno e muita dedicação, a chegada de patrocinadores valiosos, que caminham juntos no propósito. Atualmente atendemos 130 crianças e adolescentes no contra turno escolar, de Segunda a Sábado, em oficinas que são estruturadas nos 3 pilares fundamentais do Swell: Educação, Esporte e Ecologia. Atendemos participantes entre 6 e 17 anos - prioritariamente matriculados em escola pública. Temos Utilidade pública Municipal, Estadual, e recebemos uma menção honrosa de atuação no munícipio, fomos diplomados pela prefeitura, pelo excelente trabalho realizado nos últimos 5 anos. Construir o futuro do mundo com Amor, Educação, Esporte e Ecologia, formando uma geração de protagonistas do futuro no agora, para emancipar e formar uma geração capaz de resolver questões e problemas sociais, políticos e econômicos com discernimento, inteligência emocional, empatia e consciência sócioambiental, através da prática regular e segura do esporte Surf, Educação de qualidade com alfabetização planetária e letramento digital, criando espaços de aprendizagem com metodologias ativas, tecnologia, aliando profissionais capacitados e conscientes da sua missão, ao processo formativo de crianças e jovens em vulnerabilidade, priorizando e valorizando sempre as relações humanas através do Amor, do respeito, da isonomia, igualdade e inclusão. Buscar a superação da vulnerabilidade paraemancipação social, econômica, política e emocional, é a nossa missão diária, vamos formar uma geração de protagonista, nossa meta não é caridade, é emancipação, não formamos expectadores,formamos PROTAGONISTAS.

Instituição: Erick Aragão Ribeiro / Associação Beneficente Casa da União Coração de Maria
Projeto: Esporte Ação
Objetivo: O projeto Esporte Ação busca promover por meio do esporte a inclusão social de crianças, jovens e adultos que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A iniciativa promove a participação em atividades esportivas, educacionais, de saúde física e emocional a serem realizadas nas cidades de Caucaia, Crato, Cascavel e Itaitinga no Ceará. Vamos promover escolinhas de Capoeira e Taekwondo, para 105 pessoas durante 12 meses. Vale ressaltar que buscamos a formação integral do indivíduo promovendo o uso do esporte como ferramenta de cidadania plena.

Instituição: LoveFutbol Brasil
Projeto: Programa Castainho - Esporte e Educação
Objetivo: O Programa Castainho - Futebol e Educação busca desenvolver um núcleo de esporte educacional para crianças e adolescentes em vulnerabilidade social na comunidade quilombola Castainho, no município de Garanhuns, através da prática do futebol, de metodologias de esporte educativo e desenvolvimento de temas transversais que viabilizem o empoderamento da comunidade a fim de proporcionar a compreensão e enfrentamento das discriminações e promover a diminuição das desigualdades. Para isso, as atividades são desenvolvidas em três eixos de atuação: esporte educacional - por meio do futebol e de temas transversais -, acompanhamento social - por meio do acompanhamento escolar e familiar - e acompanhamento físico, motor e nutritivo - por meio de avaliações físicas -, com atuação multidisciplinar e integrada. Serão atendidos(as) 80 crianças e adolescentes, divididos em 4 turmas com 20 alunos cada. Cada educando realizará atividades duas vezes por semana com duração de 1h de duração cada. O projeto oferece também alimentação complementar em todos os dias de atividades para todos os educandos.

Instituição: Projeto Viamar
Projeto: CHUTE CERTO
Objetivo: O Projeto Chute Certo visa promover uma transformação social significativa através do desporto educacional, usando o futebol como ferramenta. Busca fomentar a igualdade de gênero no esporte, combater a evasão escolar, melhorar o desempenho acadêmico, promover a inclusão social, reduzir a criminalidade e melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade na Paraíba. A cidade de execução é a Cabedelo na Paraíba, onde indicadores sociais preocupantes destacam a necessidade de iniciativas de desenvolvimento social. O projeto beneficiará diretamente 300 jovens, promovendo igualdade de gênero e oportunidades de desenvolvimento pessoal. Terá uma duração de 12 meses e busca recursos por meio da Lei de Incentivo ao Esporte (LIE). O Projeto Chute Certo está alinhado com várias Metas de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, incluindo ODS 4 (Educação de Qualidade), ODS 5 (Igualdade de Gênero), ODS 3 (Saúde e Bem-Estar) e ODS 11 (Cidades e Comunidades Sustentáveis). É uma oportunidade única de fazer a diferença na vida de crianças e adolescentes e contribuir para um mundo mais justo e sustentável. O Projeto Chute Certo também destaca a importância da promoção da saúde, da qualidade de vida e do bem-estar dos participantes, abordando questões de obesidade juvenil e saúde mental. Além disso, enfatiza a educação, o desenvolvimento humano e a inclusão social como fatores essenciais para o crescimento da comunidade, com uma abordagem que valoriza a igualdade de gênero e a diversidade cultural. Ações de sustentabilidade e a promoção do uso consciente da água e da reciclagem também fazem parte desse projeto, contribuindo para um futuro mais sustentável e responsável.

Instituição: FABIANA DOS SANTOS PINHEIRO / Fundação Khaledy Henrique Nunes Morais
Projeto: CAPOEIRA PARA TODOS
Objetivo: o PROJETO CAPOEIRA PARA TODOS objetiva mostrar os benefícios da prática da capoeira no desenvolvimento humano e, também, contribuir como os resultados dessas transformações se destacam no aprimoramento do aprendizado escolar. A educação é o caminho para a transformação da sociedade. Acreditamos que com o desenvolvimento de uma proposta pedagógica e lúdica que valorize o respeito à diversidade étnico-racial, cultural e social, o indivíduo, poderá encontrar o equilíbrio entre o real e o imaginário, alimentando sua formação interior, para então se descobrir como um agente formador e reprodutor da cultura e do saber. A capoeira é uma expressão cultural brasileira que compreende os elementos: arte-marcial, esporte, cultura popular, dança e música. É notório que em comunidades, municípios ou bairros mais carentes, existe a tendência do crescimento da violência, do abuso, do uso das drogas ilícitas e da falta de oportunidade tanto para crianças como para jovens e adultos. A prática da capoeira vai de encontro com essas dificuldades, combatendo todas elas através do desenvolvimento físico, mental e cultural. O projeto será realizado pela Fundação Khaledy Henrique, um espaço que foi criado para atender crianças e jovens de 07 a 17 anos no âmbito sociocultural e desportivo, que se encontram em situação de risco social e apresentam baixa renda familiar. A fundação possui excelente infraestrutura e entre as atividades oferecidas estão atendimento psicossocial, reforço escolar, aulas de música, informática, atendimento médico-odontológico, desportivo, acesso a diversas atividades sociais, esportivas, culturais e de bem-estar.

Instituição: ASSOCIAÇÃO ATITUDE BRASIL
Projeto: KARATE-DO FILOSOFIA PARA A VIDA
Objetivo: Há 10 anos na caminhada desse projeto, mesmo que em escala menor, mas com os mesmos princípios e práticas. Alunos menores, indisciplinados, mal amados, agregamos à esses disciplina, amor, pertencimento, valor próprio, propósito de vida e os encaminhamos na busca do crescimento social e educacional. Através dos fundamentos e práticas do esporte do karatê, prática milenar, cujo objetivo é a disciplina e o bom comportamento social, gerando autoconfiança, desenvolvendo a autoestima e controle das suas emoções. Desenvolvimento motor, mental e social são percebidos e notórios em sala de aula e no ambiente familiar. Criamos um ambiente favorável para combater a evação escolar e diminuir a criminalidade, bem como o uso de drogas. Durante os treinos, as atividades desenvolvidas nas aulas são de participação total e integral dos alunos, todos são divididos em equipes para execução de determinadas tarefas: montar o espaço de treino, limpeza e preparação do lanche, bem como da distribuição entre eles. Nas viagem para competições, aplicamos a conduta do termo japonês “souji”, que se refere ao ato de limpar o espaço utilizado O principio é que sempre devolvamos o espaço de treino ou dormitório em viagens como o recebemos deixando todo o lixo separado e pronto para destinação da coleta seletiva. Temos exemplos de alunos assim e acreditamos que com esse projeto possamos acelerar, atender e transformar mais crianças e adolescentes, pois já sabemos a receita e já sabemos os resultados.

Instituição: CENTRO DE EDUCACAO INTEGRAL MARGARIDA PEREIRA DA SILVA
Projeto: ESCOLINHA DE FUTEBOL - A BOLA DA VEZ É A PAZ!
Objetivo: O presente projeto será realizada na sede da proponente (CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRAL “MARGARIDA PEREIRA DA SILVA” CEMAR). O principal critério para a participação das atividades na “Escolinha de futebol - A bola da vez é a Paz é a permanência e sucesso escolar dos beneficiários do projeto, que terão seu rendimento escolar acompanhado pelos pais e/ou responsáveis e monitorado pelos seus educadores. O projeto atenderá 100 crianças e adolescentes, filhos e filhas de pais encarcerados, de comunidades tradicionais quilombolas durante 3(três) dias por semana. O projeto prevê lanche para os beneficiários antes das atividades físicas. As turmas estarão divididas por faixa etária e os treinos/atividades ocorrerão no horário oposto ao da escola do beneficiário, priorizando sempre a vida escolar, que será valorizada, acompanhada e estimulada pela coordenação do projeto em parceria com as famílias.

 
ConveniosWeb - 2.9.5.1 Tectrilha Software© - 2022