Economias de aglomeração e o emprego na agroindústria: um modelo de painel de dados espacial para as microrregiões do Brasil, 2006 - 2016

Jackelline Favro, Alexandre Florindo Alves

Resumo


A estrutura produtiva industrial consiste em componente fundamental para a compreensão da dinâmica do emprego local. Sendo assim, este estudo tem por objetivo mensurar os efeitos das economias de aglomeração advindas da diversificação e especialização produtiva regional sobre o nível de emprego na agroindústria. A análise é realizada para as microrregiões do Brasil, no período de 2006 a 2016. Para tanto, utilizaram-se como ferramentas econométricas a Análise Exploratória de Dados Espaciais e painel de dados espacial. Os resultados alcançados na estimação revelam que o nível de emprego na agroindústria está associado positivamente às aglomerações provenientes da especialização setorial e que o nível de emprego das regiões vizinhas também é relevante para o crescimento do emprego local. Neste sentido, o estudo fornece elementos que podem auxiliar a formulação de políticas para desenvolvimento regional ao indicar que os segmentos que compõem a agroindústria são mais produtivos quando operam próximos uns dos outros.

Palavras-chave


Indústria; Econometria Espacial; Especialização; Diversificação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter