Sobre o Agroamigo Sobre o Agroamigo

O Programa

O Programa de Microfinança Rural do Banco do Nordeste quer melhorar o perfil social e econômico das famílias do campo. Por meio de seus agentes de microcrédito, atende, de forma pioneira no Brasil, a milhares de agricultores e agricultoras familiares, enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), com exceção dos grupos A e A/C.

Os resultados, na posição de maio de 2020, registram que o Agroamigo aplicou mais de R$ 18,4 bilhões desde a sua criação, compreendendo 5,35 milhões de operações contratadas. Com uma carteira ativa de R$ 4,75 bilhões, contando com mais de 1,27 milhão de clientes ativos.

Imagem

Para quem se destina?

O Programa Agroamigo é destinado a agricultores familiares enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), em operações de até R$ 15 mil, limite para uma operação, em duas modalidades:

Agroamigo Crescer: Para agricultores enquadrados no grupo B do Pronaf;
Agroamigo Mais: Para agricultores enquadrados nos demais grupos do Pronaf, exceto A e A/C.
 
Os agricultores clientes do Agroamigo são atendidos para desenvolver qualquer atividade geradora de renda no campo ou em aglomerado urbano próximo, sejam agrícolas, pecuárias ou outras atividades não agropecuárias no meio rural, como turismo rural, agroindústria, pesca, serviços no meio rural e artesanato.

Para comprovar a condição de agricultores familiares, os agricultores deverão apresentar a DAP – Declaração de Aptidão ao Pronaf, emitida pelos órgãos oficiais de assistência técnica dos Estados ou pelos  Sindicatos de Trabalhadores.

Formas de Atuação

Imagem

O Agroamigo atua por meio do microcrédito produtivo orientado, que consiste em:

  • Atendimento por meio de agentes de microcrédito;
  • Relacionamento direto dos agentes de microcrédito com os agricultores familiares;
  • Prestação de serviços de orientação sobre o planejamento do agronegócio.

Para viabilizar o Agroamigo, o Banco do Nordeste optou pela formação de parcerias, sendo o Instituto Nordeste Cidadania (INEC) responsável pela sua operacionalização. O BNB define a metodologia e normas de operacionalização do Programa Agroamigo que deverão ser praticadas pelo INEC. O Banco tem ainda como responsabilidade acompanhar, supervisionar e fiscalizar o cumprimento do termo de parceria, bem como proporcionar o apoio necessário ao INEC.