Banner PIX

O Banco do Nordeste acelera com o Pix!

Que tal realizar transferências e pagamentos de forma prática, em até dez segundos, 24 horas por dia, todos os dias do ano? A partir de novembro isso será possível com o Pix.

 

Como funcionará o Pix?

O Pix poderá ser utilizado 24 horas por dia, todos os dias do ano. Basta que o usuário tenha acesso à internet no momento da transação. E, além de transferir dinheiro para outras pessoas, com ele também será possível fazer pagamentos a estabelecimentos.

As transações acontecerão de forma direta: de uma conta para a outra, podendo ser feitas: 

  • Entre pessoas;
  • Entre pessoas e estabelecimentos comerciais;
  • Entre estabelecimentos;
  • Para entes governamentais, no caso de impostos e taxas.

 

Para usar o Pix, tanto quem paga quanto quem recebe precisará ter uma conta (não necessariamente corrente) em banco, instituição de pagamento ou fintech. Entretanto, meios físicos, como cartões e maquininhas não serão necessários.

 

Como fazer transações com o Pix?

As transações via Pix poderão ser feitas de três diferentes formas:

  • Informando uma chave Pix, que o usuário poderá adicionar a uma conta que já possui (pode ser o número de celular, e-mail, CPF ou CNPJ);
  • Por meio da leitura de QR Codes.
  • Informando os dados bancários de quem vai receber o pagamento – nome completo, CPF, número da instituição, agência e conta;

 

Transações usando as chaves Pix

As chaves Pix representam o endereço da conta e servem para identificá-la, como se fosse um apelido. Elas devem ser adicionadas previamente por meio do internet banking do Banco do Nordeste (no computador ou no celular) e podem ser de quatro tipos: CPF ou CNPJ, e-mail, número de telefone celular ou a chamada chave aleatória.

Para enviar algum valor por meio do Pix, basta que você entre no seu internet banking e informe uma das chaves de quem vai receber. Para que enviem um valor para você, é só informar uma das suas chaves para quem vai realizar a transação.

Antes de cadastrar as chaves, verifique se suas informações junto ao Banco do Nordeste estão atualizadas e, se não, realize as modificações necessárias. Basta acessar sua conta. No computador, por meio do internet banking, clique em "Outras opções" e em seguida, "Atualização cadastral". No celular, acesse "Cadastro" logo no menu principal.

Transações com Pix via QR Code

Também é possível fazer um Pix simplesmente focando a câmera do celular em um QR Code. Para que esse tipo de transação seja possível, quem vai receber o valor deve apresentar um QR Code a ser lido por qualquer tipo de smartphone.

Os QR Codes podem ser estáticos ou dinâmicos.

  • O QR Code estático poderá ser usado em múltiplas transações e ter um valor fixo ou valor a ser colocado por quem vai pagar no ato do pagamento. O Qr Code estático é aquele que você vê num restaurante colado na mesa que lhe leva ao cardápio, ele não muda.
  • O QR Code dinâmico poderá apresentar informações diferentes a cada pagamento e permitirá que sejam incluídas informações adicionais sobre a transação, como a data de expiração, por exemplo. O QR Code dinâmico é gerado uma única vez para uma determinada transação com informações diferentes. 

 

Mas os dois tipos funcionam da mesma forma: basta apontar a câmera do smartphone para o QR Code, que enviará todas as informações necessárias do destinatário. Aí, basta acrescentar o valor, se necessário, e autorizar a transação usando a senha do cartão de saque.

Transações usando dados bancários

Esse tipo de transação, chamada de Pix Manual, necessita das mesmas informações que usamos para realizar uma TED, por exemplo.

Após informar os dados de quem vai receber o pagamento (nome completo, CPF, número da instituição, agência e conta), informa-se o valor, uma breve descrição (opcional) e a senha do cartão de saque.

A diferença para uma transferência normal é que o dinheiro chega ao destinatário no mesmo instante.